quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Para o ano novo.




E aí,quais são as novidades?Vai se fazer de misterioso mais uma vez?Ando curiosa para saber o que você pretende comigo.Não quero parecer ansiosa,mas estou contando os dias para a sua chegada.Acho até que vou colocar uma roupa nova para esperar você na entrada; faço questão de que me encontre bonita.Para começarmos com o pé direito,como você gosta,vou comprar uma garrafa de champagne;brindaremos à nossa saúde no momento em que cruzarmos os olhos.Feliz- é assim que o quero, ano novo,farei tudo  ao meu alcance para que isso seja possível.Se dependesse de mim,sua estadia entre nós seria uma alegria após a outra.Receio,porém,que de mim pouco dependa.Por exemplo,sendo você ano de eleições,haveremos de manter contato com as duas piores coisas que existem no nosso país: os políticos e os horários políticos obrigatórios.É realmente uma pena que você e o ano velho não tenham chance de se encontrar,pois ele,que está de saída,poderia lhe contar como ficou marcado para sempre pela corja da corja que aqui ele conheceu- ou há gente pior que a que rouba hospitais públicos e depois se faz de vítima nos palanques?Pois bem,fora essas e mais uma meia dúzia de prováveis tragédias mundiais,não prevejo outros problemas no decorrer de sua presença.Na verdade,com a quantidade de festejos  e comemorações com que enchem aqui o Brasil,você passa entre nós  quase sem ser percebido.Quando começarmos a nos restabelecer das festas da sua chegada,já estaremos no carnaval.Depois, vem o feriado  da semana santa, e aí são as férias de julho,e,de repente, você já está arrumando as malas para ir embora.Falando nisso: gostaria de dizer que eu não tenho expectativas em relação ao que você vai me trazer,mas tenho.Principalmente porque você sabe tudo de que eu preciso e tem espaço  suficiente para que várias  dessas coisas caibam.Sabe também que eu não sou muito fã de surpresas.Então,não se esforce demais para me surpreender.Se por acaso me trouxer algumas más notícias,tudo bem,mas tente não ser abrupto.Sei que vários problemas estão fora do seu alcance;portanto,prometo não me aborrecer caso algo não venha como eu esperava.Traga o que trouxer-fique tranquilo- você será recebido com foguetes.Pois sua chegada,sempre tão pontual e garantida,com suas promessas,sempre tão amplas e verdadeiras,renova,em todos nós,a esperança que vai-se embora,um pouco,a cada dia.E ai,ai,ai,já está chegando a hora.Minhas simpatias.Caso venha com muito dinheiro no bolso,conforme espero,cuidado com os assaltos.

(Fernanda Young.):D

"...tenho procurado por você. minha alma grita sem parar. nunca tinha sentido uma paixão como essa antes.e agora. sem o menor aviso. você entra pelaminha porta.por toda a minha vida.onde você andou.
fico pensando se vou te ver de novo.e se por acaso esse dia chegar.tenho certeza que iríamos adorar.fico pensando se vou te ver de novo.uma dádiva sagrada dos céus. pra melhor. ou pra pior. não importa. só sei que eu nunca deixaria alguém te machucar.ou te tirar do seu pedestal.a todo tempo, eu sempre soube.que você estaria lá.sobre o trono. uma rainha solitária sem seu rei.eu esperarei por você.meu Amor.para sempre..."


(Lenny Kravitz.Again.):D


PS: 2010 chegando..vai vir com mais de mil,espero \o/ portanto..desde já..feliz ano novo para todos.
PS do PS: visitinhas at home.
PS do PS do PS: pequenooo beijos e beijos.ILU.

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

O vento, os balões e a garota.




Ela tinha ido dar uma caminhada num lugar onde a cor verde habitasse vivamente.Estava sozinha..pra variar né.Chegou em um lugar que ela ainda não conhecia.É sempre bom conhecer coisas..pessoas..lugares..sentimentos..a novidade é algo legal..escapar da mesmice da vida.Levara consigo alguns balões..desses que a gente usa em aniversários e afins mesmo..pra decorar e depois dar para as crianças estourarem.Chegou em um projeto de montanha..e ficou olhando tudo que estava em sua volta.E se perguntou como é possível?Como é possível que em uma dimensão..num mundo como o nosso de tantas belezas naturais..de tantas coisas que fazem o solhos brilharem só de contemplar..de tanto verde..de tanta vida..ainda existam pessoas que não acreditem no poder da natureza..no poder dos sentimentos..no poder da força interior..no poder da vida.E ficara ali contemplando e se revigorando de uma vida cheia de altos e baixos..mas vida.Lembrou-se que não falta muito tempo para que ela muda de cidade novamente.Lembrou-se que está próximo o dia da festa das lágrimas.Caiu a ficha.É..o famoso cair a ficha.Pena que nem sempre a ficha da gente cai pra algo legal.Mas é assim mesmo..na nossa mera existência estamos sujeitos a tudo..e devemos estar preparados pra tudo..perdas..ganhos..chegadas..despedidas..amor..ódio..perdão..mágoa..quedas..levantar..dias..noites..frio..calor..sol..
chuva..paz..violência..amizade..falsidade..vida..morte.Pra tudo..tudo mesmo..no sentido literal da palavra.O vento tocou seu rosto.Assanhou os seus longos cabelos.Ás vezes ela tinha raiva do vento..quando estava muito arrumada para algum lugar e ele assanhava seu cabelo por completo..quando ele arrastava as coisas boas e as pessoas para longe..quando ele a fazia ficar com frio numa noite solitária e em um lugar descampado..mas no fim de tudo o vento é bom.Te dá um pouquinho de paz..de alívio..conforto..e promessas.Promessas de novos tempos.Com o vento assim perto dela..nossa protagonista atirou os balões para o alto..para o céu..deixou que eles fossem livres..para onde o vento os levasse.Balões.Lembrou do seu amigo que a muito não o via.Lembrou do seu garoto.E lá vem o sentimento de saudade mais uma vez..sempre a perseguindo..como polícia e ladrão.Antes de ir embora..antes de voltar pro seu lar..sua família..sua vidinha parada..ela percebeu.Eu sou como um balão também.É..acho que o vento quis me dizer isso.Eu sou como um balão..e sabe..vou deixar o vento me guiar..vou deixar o vento me levar pro meu caminho..pro meu destino..pro meu lugar certo..sei que ele sabe onde devo ir..sei que ele sabe.E a partir daquele dia..a garota e o vento se tornaram amigos.E a partir daquele dia..ela seguia por uma nova estrada.E a partir daquele dia ela seguiu.E o vento não a abandonou.E o vento a arrastou..pro céu.Ele a arrastou.

(Thaís Tenório.Cat.):D

"...meu amor se foi.as botas dele não estão mais em minha porta.ele partiu de madrugada.e enquanto eu dormia eu senti ele ir.não volta mais.eu não vou ver mais o oceano.meu amor se foi.nenhum navio nunca vai trazê-lo.de volta pra casa de novo.trazê-lo pra casa de novo.meu amor se foi.eu sei que será meu último beijo.não existirá mais a música dele.a melodia dos lábio dele passou.eu canto sozinha.enquanto eu vejo o oceano.meu amor se foi.nenhum navio nunca vai trazê-lo.de volta pra casa de novo.trazê-lo pra casa de novo..."

(Dido.My lover's gone.):D

PS: espero que eu não leve "torta" hoje.
PS do PS: pequeno? ILU.
PS do PS do PS: beijos muitos muitos beijos.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

M.




Mário.Marte.Mar.Maçã.Mundo.Memória.Menino.Momento.Melodia.Menina.Milonga.Mistura.Medo.Mudança.Maquiagem.
Míngua.Mapa.Morangos.Mulher.Montanha.Mutação.Medicina.Mania.Maresia.Modéstia.Merecimento.Muro.Morte.Missão.
Miocárdio.Máscara.Mistério.Mensagem.Minha.Muxoxo.Música.Macarrão.Mediterrâneo.Místico.Movimento.Manancial.Mina.
Merengue.Matutino.Meia-luz.Mútuo.Meu.Matrona.Meditação.Melancia.Moral.Mágica.Mãe.Machucado.
Mel.Magia.Medicamento.Mortal.Mosáico.Melão.Melancolia.Morfina.Madeixa.Massagem.Mária.Menino.Maracujá.Mudo.
Moço.Multimídia.Mesmo.Maquiavel.Mangue.Moda.Moça.Mito.Maceió.Meio.Melindre.Malandro.Mandrágora.
Meiguice.Mérito.Malina.Massa.Mário.

(Thaís Tenório.Cat.):D

"...ligue as luzes.todas as noites eu corro para minha cama.com esperança de que talvez eu tenha a chance de te ver.quando fecho meus olhos.estou fora de mim.perdida em um conto de fadas.você pode segurar minhas mãos e ser meu guia?.nuvens cheias de estrelas cobrem o seu céu.e eu espero que chova.você é a canção de ninar perfeita.em que tipo de sonho eu estou?.você pode ser um sonho doce. ou um lindo pesadelo.de qualquer jeito.eu não quero acordar de você.doce sonho.ou um lindo pesadelo.alguém me belisque. seu amor é muito bom pra ser verdade.meu prazer secreto. eu não vou a lugar nenhum.enquanto você estiver aqui.eu estarei flutuando no ár porque você é meu.você pode ser meu doce sonho. ou um lindo pesadelo.de qualquer jeito. eu não quero acordar de você.eu falo de você em minhas rezas. eu tenho você em todos os meus pensamentos.rapaz.você me deixa "alta".eu desejo que você esteja lá quando eu acordar.para que você me abrace de verdade.e me diga que ficará ao meu lado.tatuar seu nome em meu coração.desde que você foi feito.nem a morte pode nos separar.que tipo de sonho é esse?..."


(Beyoncé.Sweet dreams.):D


PS: podem até existir muitas coisas escritas com M mas a melhor e mai slinda é o começo e o fim do texto.
PS do PS: yes,baby..and life goes on..sempre.
PS do PS do PS:ILU,boy...really.
PS do PS do PS do PS: beijos muitos muitos beijos.

sábado, 26 de dezembro de 2009

Impossibilidades.




Nem tudo é do jeito que a gente quer.Nem tudo que queremos conseguimos.Mesmo.Impossibilidades.Mas sabe, até acho que se não existissem coisas "impossíveis" na nossa vida..tudo seria tão mais chato.Impossibilidades? Sempre vão existir..mas é sempre bacana olhar pro lado bom da coisa..o pólo positivo da "pilha"..da nossa pilha..coisas dificéis de alcançar e que podem ser rotuladas de praticamente "sem chance".."impossíveis"..são legais partindo da premissa de que elas funcionam como desafios sabe..como quando você joga um jogo de vídeo game e faz de tudo..passa horas e horas tentando achar a solução..o caminho..a saída..procurando descobrir "manhas".. até que você consiga "zerar" o jogo..chegar no ápice..no fim..na vitória..no trabalho feito..na conquista..no prêmio.Ou seja, de certo modo as impossibilidades  nos fazem ter mais determinação..vontade de chegar lá..acreditar mais..descobrir caminhos..tentar e alcançar..ser perseverante..ganhar mais auto confiança..se realizar..conseguir "zerar" tudo.Com o tempo a gente aprende que o impossível é possível..basta a gente olhar de outro jeito..fazer de outro jeito..crer de outro jeito.Com o tempo a gente aprende que pra tudo tem uma solução..é só saber procurar..afinal..o interessado dá um jeito.Com o tempo a gente percebe que sonhar é bom demais mas melhor que isso é arriscar e tentar transformá-los em realidade.Claro que nem sempre conquistamos tudo..e isso é até meio frustrante..ás vezes fazemos de tudo..e ainda assim não conseguimos..mas cara, é a vida..o que vale é o que importa e o importante é não baixar a cabeça..ainda há tempo..basta querer.Basta querer.A sua força está em você mesmo.As saídas..o seu "zerar" o jogo tá em você mesmo.Os caminhos..os atalhos..as estradas se encontram em você.Dificuldades?Barreiras?Impossibilidades? Como eu disse sempre vão existir..é só passar por cima..se não conseguir pular..escala..arrodeia..como diz uma musiquinha do Fresno " quebre as correntes".Corre pro abraço.Se liberte."Zere" o seu jogo.Quem acredita sempre alcança.E acreditar nisso..é bem bacana..e acreditar nisso já é um bom atalho pro seu clímax..pra sua felicidade..pra sua plenitude.

(Thaís Tenório.Cat.):D

"...quando não houver saída.quando não houver mais solução.ainda há de haver saída.nenhuma ideia vale uma vida.quando não houver esperança.quando não restar nem ilusão.ainda há de haver esperança.em cada um de nós. algo de uma criança.enquanto houver sol.enquanto houver sol.ainda haverá.quando não houver caminho.mesmo sem amor.sem direção.a sós ninguém está sozinho.é caminhando que se faz o caminho.quando não houver desejo.quando não restar nem mesmo dor.ainda há de haver desejo.em cada um de nós. aonde Deus colocou.enquanto houver sol.enquanto houver sol.ainda haverá..."

(Titãs.Enquanto houver sol.):D

PS: na foto alguém que teu o meu amor sinceramente e em grande quantidade.mesmo.
PS do PS: feliz natal atrasado..afinal não deu pra postar nessa budega.
PS do PS do PS: ainda existe sol..portanto ainda há esperança.
PS do PS do PS do PS: pequeno, teamo drosovungundinho mais lindo..ameii Mária. lol.
PS do PS do PS do PS do PS: pessoas de Macapá chegando.\o/
PS do PS do PS do PS do PS do PS: beijos muitos muitos beijos.sempre.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Alicerce.




Alicerce: maciço de alvenaria,enterrado,que serve de base às paredes de um edifício;fundação;base;fundamento. Não é preciso ser um ás da construção para entender que o alicerce é parte fundamental de qualquer casa..prédio..etc.É ele quem vai sustentar toda uma estrutura..vai deixar a casa forte..de pé..pronta pra tudo..base.Hoje é o dia do meu "alicerce".Hoje é o dia dela..da minha mamy..seu aniversário.E sabe..não consigo achar data melhor para alguém como ela ter nascido..perto do Natal..época de renovação..de amor..união..data especial.Hoje assim que acordei e me lembrei que era o dia dela..agradeci por tê-la em minha vida..ela que sem dúvidas deixa a minha "construção" muito mais forte..muito mais capaz..com muito mais vigor.Ela me pôs no mundo..ela me deu a luz..me deu a minha vida..e não há presente maior e melhor do que esse para alguém..acima de tudo ela me deu amor..e são poucas as pessoas que conseguem dar amor a outrem..e complena convicção e certeza..ela é a pessoa que mais me ama nesse mundo.Fato.Jamais vou encontrar alguém que me ame mais do que ela..porque não há no Universo amor maior que o de mãe.Quero um dia poder ser uma mãe como ela para meus filhos..quero poder amá-los como ela me amou.Sei que ela é a única pessoa nessa esfera chamada Terra que faz qualquer coisa que tiver a seu alcance e até mesmo fora dele pra me ver feliz..pra me ver bem..pra me ver realizada e viva.E eu agradeço por isso..mesmo.Agradeço por ter tido paciência comigo em todas as noites que deixei ela acordada por sentir fome..por todas as vezes que a fiz correr atrás de mim quando dava os meus primeiros passos..por todas as fraldas que foram trocadas nos mais diferentes e inusitados horários..por todos os choros que você fez passar só de me colocar  no seu colo..por todos os sonhos que você me ajudou a realizar..por todos os conselhos..por todas preocupações..por todas risadas..por todas lágrimas..por cada vitória..por cada superação de derrotas..por cada gesto de carinho e amor..por toda "bronca" necessária..por cada palavra de conforto..por todos os bens materiais..por todos os bens espirituais que são os mais imporatantes..por todo ensinamento..obrigada pela minha vida..obrigada por ser minha mãe..obrigada por estar comigo de corpo e alma em todos os momentos..obrigada por existir.Te dizer que te desejo toda felicidade do Universo parece clichê..mas é a pura verdade..não consigo imaginar outro presente melhor pra te dar do que felicidade..você merece..por ser a grande mulher que és..a lutadora..a esforçada..a inteligente..a carinhosa..a amiga..a competente..a vitoriosa..a admirável..o exemplo..a mãe de toda uma família que vai além da nossa daqui de casa..a heroína..a sobrevivente..a sonhadora..a crente..a corajosa..a humana..a sábia..a defensora..a protetora..a justa..a feminina..a alegre..a verdadeira..a honesta..a base..a nossa base..a minha base.Obrigada,mais uma vez,obrigada.Palavras jamais vão expressar 100% do amor que tenho por ti.Fato.Mas acho que dizer que te amo demais e infinitamente..já basta.Isso basta.Você basta.

(Thaís Tenório.Cat.):D

"...mulher.eu quase não consigo expressar.minhas emoções confusas na minha negligência.afinal de contas. estou eternamente em dívida com você.E, mulher.eu tentarei expressar.meus sentimentos interiores e gratidão.por me mostrar o significado do sucesso.mulher.eu sei que você compreende.a criancinha dentro do homem.por favor.lembre-se: minha vida está em suas mãos.E, mulher.mantenha-me próximo do seu coração.por mais que [estejamos] distantes.não nos mantenha separados.afinal de contas.está escrito nas estrelas.mulher.por favor deixe-me explicar.eu nunca tive intenção de te causar tristeza ou dor.então, deixe-me te dizer de novo e de novo e de novo.eu te amo.sim.sim.agora e eternamente..."

(John Lennon.Woman.):D

PS:parabééénnnsss mamy.mesmo.\o/
PS do PS:música que sei que você adora e eu também..e sabe? faz muitooo sentido.
PS do PS do PS:pequeno:ILU.beijos e beijos e outros e mais beijos meu drosovungundinho mais lindo.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

A árvore mais importante.




Ela estava deitada.Era madrugada.Tinha perdido o sono.Sentia um pouco de calor..retirou um pouco o lençol do corpo.Virou-se para o lado da parede.Pensativa.Tinha uma vontade.Queria ouvir a voz dele.Provavelmente ele deve estar dormindo.. e ela não quer que ele acorde e fique cansado depois.Mas ela tem que ligar.Ela deve ligar.Ela espera que ele não fique chateado por ser acordado no "melhor do sono".Ele é incrível.Ela lembrou que um dia ele falou que se ela quisesse ligar..ligasse..independente da hora..ele estaria lá.Então decidira.Vai ligar.Pegou o celular que estava bem do seu lado.Mas antes de apertar qualquer tecla..olhou para sua frente.Lá estavam elas.Rosas.Branca e vermelhas.Como ela gosta.E gosta mais ainda oa lembrar que ele que deu pra ela.Levantou..caminhou até elas..sim parece loucura para alguns..mas para ela não..falou com as rosas.." vocês são muito lindas..e muito especiais para mim..não vou deixar que murchem..e ainda que isso aconteça..vocês nunca murcharão dentro de mim..nunca."Beijou uma por uma..sentiu o perfume..sentiu o afeto.Os olhos se encheram de lágrimas.Não..eu não vou chorar..não posso chorar agora..dissera ela.Voltou para sua cama.Agora sentia um leve friozinho.Tornou a se enrolar.Pegou o celular e dessa vez ligou.Tum.Tum.Tum.Chamou..chamou..ninguém atende do outro lado.Vou tentar de novo.Chamou..chamou de novo e nignuém atende do outro lado.Olhou para a hora..3 e 18 da madrugada.É..ele deve estar dormindo.Mas não custa nada ligar ou tentar uma terceira vez.E assim o fez.Chamou..chamou..e bem quando ela estava a ponto de desligar..alguém do outro lado atendeu."Pequena?"Era ele.Era a voz dele.Era tudo que ela queria e precisava ouvir.As lágrimas queriam sair dos seus delicados olhos..mas ela segurou firme..e não chorou."Pequena?Tá aí?""Oi..pequeno..tô sim..desculpa ter te acordado..mas eu precisava ouvir sua voz..eu precisava falar com você.""Pequena,eu já disse que não  importa a hora se você quer falar pode ligar..sério..aconteceu alguma coisa?""Não extamente..bateu vontade mesmo..eu tenho saudades.""Eu também,pequena.""Baby..eu não quero que você diga nada agora..tá? Só escuta..eu preciso dizer..tem coisas entaladas aqui..e eu quero que você não me responda..não diga nada.só escuta tá bom?""Tá..""Muitas vezes a gente tem vontade de dizer muitas coisas para alguém..e por qualquer motivo que seja..vergonha..medo..o "depois eu falo"..nervoso..sei lá a gente acaba não dizendo..e muitas vezes a gente nem imagina que aquela pode ser a última vez que a gnete esteja faando com aquela pessoa..que pode ser nossa última chance..que talvez não tenha o amanhã , o depois pra dizer..e você fica totalmeste frustrado e com remorso depois..por talvez aquele alguém ter ido..de alguma maneira.sem saber o que você queria dizer..sem saber o que você queria..e aí outras vezes quando a gente quer dizer já pode ser tarde demais..e eu não quero que pra mim..pra você..seja assim..por isso tenho que falar e tem que ser hoje."Pausa.Continuando."Eu comparo sua aparição pra mim como uma árvore sabe..é eu gosto de árvores..e desde que você surgiu pra mim..sua sementinha caiu lá no meu terreno..e eu gostei..no começo é aquele negócio..aaa vou regar né..quero ver que árvore é essa..quero ver se vai dar bons frutos..quero ver se é bonita..e a gente cuida meio que por curiosidade..e eu percebi que eu queria cuidar..então fui regando você..e com um certo passar de tempo..eu ia te regando todos os dias..e de repente um dia..você começou a crescer..e eu já podia ver um pequenino projeto de árvore..com alguns brotos..folhinhas..e eu comecei a gostar mais ainda do que via e decidi eu vou cuidar de você..eu quero cuidar de você..você vai ser a árvore mais bonita do meu jardim..a mais amada..a mais bem cuidada..e isso é uma promessa..e aí eu te regava..te podava..acariciava..conversava..colocava mais adubo pra você..e com um certo tempo de novo você cresceu mais..e eu fiquei adimirada como cresceu forte e tão rápido..e todos os dias eu cuidava da árvore..de você..e a cada dia eu percebia que aquela árvore fazia parte da minha vida..que aquela árvore antes tão pequenina cresceu pra mim..que aquela árvore,você ,hoje é essência pra mim..e eu começava a ver que você dava flores..e fiquei tão feliz..porque flores são sempre bom sinal..quem sabe frutos irão aparecer um dia..e aí eu fiquei mais feliz e vi que se dali saísse algum fruto..seria dos bons..dos mais doces..dos melhores..dos incríveis..e agora eu cuidava de ti não mais por curiosidade..mas por vontade..por amor..por afeição..e um tempo mais passou e alguns frutos apareceram..e o interessante era que de uma única árvore saia frutos de vários tipos..vários sabores..tinha o fruto da paciência..o da compreensão..tinha o do carinho..o do sorriso..o do perdão..tinha também o fruto da cumplicidade..afeto..o do companheirismo..amizade..tinha o do apoio..mais o mais bonito..o mais saboroso..e o meu preferido..era o do amor..é..esse foi o último a surgir porque ele precisa de todos os outros frutos juntos..passo por passo..até chegar nele..contudo ele não cai da árvore..ele não sai..ele fica..e isso é o que faz a diferença do fruto..amor..ele permanece..ainda que passem tempestades..ventanias..ainda que tentem derrubar a árvore..ou que ela por velhice fique fraca..mesmo que não nasça mais flores..mesmo que suas folhas caiam em alguma estação do ano..esse fruto..ele fica..ele fica..é imutável..é permanente..é firme e forte..e eu sinto isso por você,meu bem,muitas vezes as pessoas falam isso da boca pra fora..muitas vezes você já falou isso pra alguém..muitas vezes eu já falei sem realmente sentir..mas dessa vez é diferente..e eu posso dizer que você é minha "árvore" mais linda..mais amada..mas cuidada..mais importante..mais desejada..mais especial..de todo o meu jardim..e se você deixar eu cuido de você..e se você deixar eu fico com você..e é isso..quando eu digo que você é a melhor coisa que tenho é porque é..quando digo que até sem querer você mudou minha vida..é porque é..quando eu digo que te amo.é porque te amo..quando eu digo essas coisas pra você não é a minha boca quem fala..é meu coração..é meu ser..eu só queria que você soubesse que faz toda diferença do mundo pra mim..eu só queria que você soubesse que se eu pudesse eu não te soltva nunca..eu só queria que você soubesse que eu não tô de brincadeira..que é sério..que eu te amo..e que tenho saudades..e sempre vou ter quando você não estiver por perto..que você é o meu melhor pensamento e o mais bonito e o mais contente..que todo dia de manhã quando acordo e piso no chão frio eu agradeço por ter você na minha vida..que todo dia a noite ao deitar na cama eu agradeço por ter você a minha vida.. e fico pedindo pras forças ocultas e maiores que nós que eu sempre te tenha na minha vida..seja lá qual for a maneira..mas que eu te tenha..e isso basta.E isso basta".Então antes que ele pudesse dizer algo,ela desligou ..porque caiu em um pranto de choro e ele não podia ouvir..não deu pra controlar..ele retornava..e ela não atendia..ele vai entender..ele tem que entender.Ela o ama.E isso basta.Ele é a sua árvore..a melhor de todas..e isso basta..e ele..basta.

(Thaís Tenório.Cat.):D

"...ele partiu seu coração.ele levou sua alma.você está machucada por dentro.porque há um buraco.você precisa de um tempo.para ficar sozinha.então você descobrirá.o que sempre soube.eu sou aquela que realmente te ama baby.eu estive batendo a sua porta.e enquanto eu estiver vivendo.estarei esperando.enquanto eu estiver respirando.estarei lá.quando você me ligar.eu estarei esperando.quando você precisar de mim.eu estarei lá.eu vi você chorar.noite adentro.eu sinto sua dor.eu posso reverter isso?.eu percebo.que não há final a vista.ainda assim eu espero.que você veja a luz.eu sou aquela que realmente te ama baby.eu não aguento mais.e enquanto eu estiver vivendo.estarei esperando.enquanto eu estiver respirando.estarei lá.quando você me ligar.eu estarei esperando.quando você precisar de mim.estarei lá.você é o único que conheci.que me faz sentir desse jeito.sozinha não consigo.eu quero ficar com você até ficarmos velhos.você tem o amor que precisa bem na sua frente.por favor.venha pra casa.enquanto eu estiver vivendo.eu estarei esperando.enquanto eu estiver respirando.estarei lá.quanod você me ligar.eu vou estar esperando.quando você precisar de mim.estarei lá..."

(Lenny Kravitz.I'll be waiting.):D

PS:I'm your biggest fan.
PS do PS: sinto saudades.
PS do PS do PS:ILU.SLU.REALLY.
PS do PS do PS do PS: beijos muitos muitos beijos minha árvore mais linda.

domingo, 20 de dezembro de 2009

O calor do frio.



O dia estava um pouco frio.Uma chuva razoavelmente forte caía lá fora.Silêncio.Um lugar escuro.Ás vezes o escuro é bom..podemos fazer coisas que não teríamos coragem de fazer no claro..podemos esconder uma lágrima..podemos simplesmente apressar nosso sono..podemos enxergar a importância da luz..e muitas outras coisas mais.Nesse momento..o escuro para a garota era bom.Ela até gosta de escuro..só quando criança,como a maioria delas,morria de medo de ficar sozinha na escuridão..acreditando que monstros e fantasmas podiam aparecer do nada e assustá-la ou até mesmo machucá-la..era apavorante.Mas agora,ela gosta do escuro.Continuando...ela estava deitada..pelo conforto era na sua própria cama.Nada melhor do que sua cama.Estava envolvida por alguns lençóis..afinal..sentia um leve friozinho.Um vulto se aproxima dela.Quando ela ia começar a se assustar..o vulto tocou levemente seu braço..carinhosamente..lentamente..ela conhecia esse toque.A pessoa tocou seus lábios com um beijo..que ela retribuiu de imediato.Adorava aquele beijo.Eram os melhores beijos que ela já havia dado em toda sua mera existência.E nesse momento..o beijo conseguia misturar..o desejo..o carinho..a luxúria..o amor..o calor..o sentimento.E isso tornava as coisas muito mais interessantes.Carícias.As pessoas teimam em julgar tudo isso..toda essa entrega..em chamar de comportamento leviano e etecétera e tal..pura hipocrisia de todos..falam falam falam..acusam acusam..resmungam e fazem o mesmo..ou até mais.Fato.Quem não gosta de carinho?Quem não gosta de afeto?Quem não gosta de atração física?É..quem não gosta.O tempo que estava frio..parecia esquentar..não pelas cobertas..mas pelo carinho..pela atração..pelo desejo.Estavam muito próximos um do outro..quase não se conseguia distinguir quem é quem.Ela levantou por um momento..tomou uma taça de vinho.Muito bom.Voltou rapidamente para os braços do seu amado.Depois uma pausa.E vem o final.Estavam dormindo.Abraçados..na tal "conchinha".Pareciam cansados.Algo acontecera no intervalo de tempo entre a pausa e o final..mas nossa protagonista não conseguia lembrar exatamente o que foi..tinha sido um sonho.Deduzira que foi algo bom..pelo semblante que carregavam na face o nas mãos entrelaçadas.Qualquer coisa com ele seria bom.Qualquer coisa com ele é bom.Abriu os olhos..estava anoitecendo..estava um tanto frio..estava deitada..sozinha..no escuro..a chuva caindo lá fora..tudo não passou de sonho.Tudo não passou de desejos..vontades.Tudo passou.Sorriu sozinha..um tanto envergonhada de ter tido um sonho tão picante..mas bobagem..é natural..faz parte do ser humano..faz parte.E que mal há nisso?Creio eu que nenhum.Ajeitou o travesseiro..virou para o lado da parede e tornou a fechar os olhos..queria sonhar de novo.Queria ele.Ela simplesmente pertence a ele.Ela simplesmente o ama.Nessa noite ela sonhou mais uma vez e outra e mais outra.Ela sonhou.

(Thaís Tenório.Cat.):D

"...presa em um romance mau.quero o seu romance mau.eu quero sua repulsão.eu quero sua doença.eu quero seu tudo.contanto que seja de graça.eu quero o seu amor.amor.amor.amor.eu quero o seu amor.eu quero o seu drama.o toque de suas mãos.eu quero o seu beijo sujo de ocuro na areia.eu quero o seu amor.amor.amor.amor.eu quero o seu amor.você sabe que te quero.e sabe que preciso de você.eu quero o seu mau.seu mau romance.eu quero o seu amor e quero sua vingança.você e eu poderíamos escrever um mau romance.presa em um romance mau.quero o seu romance mau.eu quero o seu pavor.eu quero o seu design.porque você é um criminoso.contanto que seja meu.eu quero o seu amor.amor.amor.amor.eu quero  o seu amor.eu quero a sua obsessão.o seu adesivo vertiginoso.quero você no meu quarto.quando você está doente.eu quero o seu amor.amor.amor.amor.eu quero o seu amor.porque eu sou louca querido.eu quero o seu amor.todo o seu amor é vingança.você e eu poderíamos escrever um mau romance..."

(Lady Gaga.Bad romance.):D

PS:dia de chuva.
PS do PS:amanhã..mais provinha.
PS do PS do PS:parabéns para minha amada..calisto *-* te amo.
PS do PS do PS do PS: ILU.SLU.fact.
PS do PS do PS do PS do PS:beijos muitos muitos beijos sempre.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Meu filme predileto.




É impressionante como o tempo passa voando quando a gente se sente bem.Hoje eu tive que viajar..não estava muito afim..mas nem sempre fazemos o que queremos..então..fui..e desde que me levantei minha cabeça começou a funcionar tal qual uma tela de cinema que está passando um filme interessante pra alguém.E sobre o enredo desse filme..eu sei muito bem.Ele mostrava cenas de momentos especiais que eu passei..para ser mais precisa, momentos que começaram a acontecer no mês de agosto.E agora,aqui,escrevendo esse post..eles começam a ressurgir por mais uma vez..exatamente do mesmo jeito..e posso me lembrar como se fosse hoje..como se fosse hoje quando eu entrei no meu orkut e tinha uma solicitação de amigo de um ML...a princípio indaguei..ué..ele me adicionou..a gente mal se fala..mal se viu..mas tudo bem..que mal há em fazer novas amizades..acontece que não foi bem assim que pensei..adicionei e comecei a futucar,como todo mundo faz..humm ele é bem gatinho..não sei por que mas a "aparência" a "beleza exterior" é sempre a primeira coisa que analisamos.Enfim,adicionei e bá bá bá..daí vem o segundo passo..recadinhos..mas não é muito interessante ficar conversando por orkut o que faz você dar um jeito rápido de pular de imediato para o ponto três..o MSN..então lembro-me que falei que queria falar com ele..e ele perguntou sobre o quê..e respondi que gostava de conhecer de pessoas..ele disse que também e principalmente...reticências...reticências.Você entendeu..é eu também entendi.Me lembro muito bem também que tentei adicioná-lo milhares de vezes no MSN e não conseguia conversar com ele..isso durou um certo tempo até que resolvi começar a utilizar a budeguinha do ebuddy..mas que até hoje..apesar de tudo..tem sido muito útil..(sorriso).Então,finalmente,começamos a conversar melhor..todos os dias,praticamente..e pra ser sincera..comecei a ficar on-line por muito mais tempo só pra poder "falar" com ele.Desde o primeiro contato..algo ficou muito claro para mim..ele é incrível.. e poxa..até que temos alguns pontos em comum..o que sempre atrai muito mais.Isso tudo tornou-se algo constante..conversas..risadas eletrônicas..*-*..vídeos..trechos de músicas que sempre se completavam..um pouco de mim..um pouco de você..livros..artes marciais..conversas sem fim..madrugadas,inclusive..nunca tinha ficado tanto tempo em frente a um computador..cheia de sorrisos..despreocupada com o sono..com o acordar cedo..e tão interessada em alguém.Nunca tinha sentido tanto entusiasmo por alguém..nunca acreditei que alguém poderia me fazer tão bem..sem a gente praticamente nunca ter se visto mesmo.Foi uma surpresa..e que surpresa maravilhosa..voltaria no tempo quatas vezes fosse preciso para tê-la novamente..e novamente..e novamente.Ele foi e é minha inspiração..desde que o "conheci" minha vida mudou..meus pensamentos mudaram..minhas atitudes mudaram..para melhor,obviamente.Depois dele voltei a escrever..coisa que não vinha fazendo a muito tempo..foi quando criei "isso" aqui.Depois dele comecei a tentar mais,arriscar mais,tentar vencer os meus medos e começar a enxergar que a vida é uma comédia..e que apesar de tristezas..dores..decepções..ela tá aí..nas nossas mãos e a gnete não pode deixar ela escapar de novo.Depois dele,comecei a enxergar que só porque alguém errou com você não quer dizer que o mundo todo vá fazer o mesmo..não mesmo..se fôssemos todos iguais..se agissémos iguais..teríamos os mesmos nomes,usaríamos as mesmas roupas,etc e tal.Depois dele,comecei a olhar com outros olhos para as coisas mais simples que vivem ao nosso redor e fazemos questão de não notar..a beleza de uma flor..o cantar dos pássaros..o balançar das folhas das árvores..o brilho do Sol..a suntuosidade da Lua.Então depois de tanto nos falarmos através de uma tela de computador..eu quis ouvir a voz dele.E quando falei por telefone a primeira vez,te juro,tive tantos calfrios..aquele nervosinho..o frio na barriga..suando..coração querendo sair pela boca..e aquele bom e velho medo: será que eu vou ter o que falar? será que a gente vai se falar tão bem quanto no pc?E aí..aconteceu..e saiu tudo muiot naturalmente,como deve ser,e foi tão bom..me encantei com a voz dele de primeira..o fato é que nesse mesmo dia..eu iria vê-lo..com meus próprios olhos..cara a cara.E quando eu o vi..caminhando em minha direção..pude ouvir meu coração falando comigo..isso não via ser só mais ua paquerinha juvenil..com ele vai ser diferente..com ele você vai sentir..com ele vai ser incrível.Dito e feito.Depois que nos encontramos..e ouvimos músicas juntos..e nos beijamos..e abraços..pela primeira vez..eu comprovei o que eu já sabia desde as horas de MSN..eu ia gostar dele..eu gostava dele..eu gosto dele.E depois desse dia..tínhamos vontade de nos ver..que bom que ele também tinha..apesar dele andar por aí com alguma outra paquerinha..ele ainda queria me ver..ele ainda lembrava de mim..ele ainda me mandava mensagens..ele ainda conversava comigo.Então vieram outros dias..outros abraços..outras risadas..outras caminhadas..outros planos..estralar de dedos..outros beijos..outros carinhos..outros telefonemas diários..andar pelo meio da rua em um dia simples de semana no meio da noite..mãos dadas..olhares..você me segurando nos braços em frente a um hospital..eu tendo que ficar na ponta dos pés pra te beijar..orientações..rum's..tentativas frustradas de dançar forró..frio..calor..textos..depoimentos..Selth..Davi..Marte..rosas..cartas..projetos..lágrimas..sorrisos..casa de parente..ILU's..sentimento..saudades..momentos confusos..sonhos..aulas..boa noite's demasiados..você pode desligar?..desatrofiar de asas..pedidos..sim's..will you marry me?..palavras..momentos..costas..falsas tatuagens..brincadeiras..assaltos de bijouterias..dias 20..sofás quebrados..mordidas..arrepios..I like you..rede..músicas "morte"..viagens..distância..prison break..seu telefone que sempre cai a ligação..nossa lua..enfim..tanta coisa..poderiam ser muitas mais ainda..podem ser..isso só o tempo vai dizer.O que acontece é que você chegou de repente e mexeu demais comigo..e mexe comigo..me encanta a cada dia..e cada dia mais eu percebo que te quero..e cada dia mais eu percebo que te amo..você é incrível..não minto quando digo que sou sua..preto no branco.Não quero te perder assim..não quero ter um motivo pra ter raiva da vida..se ela mesma te colocou no meu caminho..me trouxe felicidade..por que? Me diz..por que ela quer fazer eu ficar mais longe de você?Vai entender...é..vai entender.Só sei que te amo..só sei que eu sempre vou tá aqui pra você..só sei que você é o meu amor..só sei que você é o melhor que eu tenho..só sei que você me faz o bem maior do mundo..só sei que sou feliz assim,contigo..só sei que sou muito grata por você ter surgido pra mim..só sei que vou morrer de saudades..só sei que você é o meu pequeno..só sei que  sou sua..só sei que quero sorrir com você..só sei que mais pra frente vou poder construir e projetar nossa casa na árvore e sua casa com 8 lados..só sei que vou seguir te amando..e acreditando que um dia ainda..a gente pode..a gente pode alcançar nossa felicidade..nossa felicidade plena.

(Thaís Tenório.Cat.):D

OBS:a música que segue me lembra muito você..me lembra o começo de tudo..me lembra o nosso começo..me lembra a pessoa mais especial de toda a minha vida..e ela mexe comigo..muito..porque me lembra você,meu bem.

"...vamos falar de solidão.na sua casa nunca mais entrei.mas decorei com exatidão.todas as coisas como eu deixei.vasos jogados pelo chão.lembranças do que não presenciei.mas decorei com exatidão.como o passado que eu mesmo criei.e tudo que eu posso oferecer.são minhas palavras pra você.no plágio de uma bela melodia.e tudo o que eu quero te dizer.eu já cansei de escrever.quero te ver enquanto não é dia.mas diz porque tu vais embora.mas diz porque tens tanto medo.se não acorda cedo.nem trabalha estuda ou namora.mas diz porque chegou a hora.agora que eu venci meu medo.te peguei pelos dedos.pra dançar enquanto o sol demora.para chegar trazendo aurora.e a luz que cega e me dá medo.e como um torpedo.eu deslizo e vôo num mar de lençóis.e cada dobra conta histórias.de muitas delas sinto medo.são muitos enredos.enrolados e embriagados como nós.tão a sós.como nós.porque você insiste em dizer que ainda existe vida sem você.quando você não esperar vai doer.e eu sei como vai doer.e vai passar.como passou pra mim.e fazer com que sinta assim.como eu sinto.como eu vejo.como eu vivo.como eu não canso de tentar.eu sei que vai ouvir.eu sei que vai lembrar.vai rezar pra esquecer.vai pedir pra esquecer.mas eu não vou deixar.EU NÃO VOU DEIXAR.e eu não quero lembrar do que eu fui pra você.uma simples distração pra você esquecer.eu não quero lembrar que chegamos ao nosso fim.eu não quero lembrar que eu vou acordar.sabendo que meus olhos não vão te encontrar.eu não quero lembrar que tudo acabou pra mim(..)porque você insiste em dizer que ainda existe vida sem você..."

(Fresno.Milonga.):D

PS:brigada por tudo..brigada por você.
PS do PS:eu amo você,meu bem..muito demais.
PS do PS do PS:fica comigo pra sempre? mesmo que o pra sempre não seja necessariamente a eternidade..lembra?
PS do PS do PS do PS:estarei sempre contigo..seja lá como for..beijos muitos muitos beijos,meu amor.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Caminhada.



Ela estava tensa.Muitas coisas poderiam acontecer em míseros minutos..muitas emoções poderiam surgir em míseros minutos..míseros minutos..eram o suficiente pra passar um filme inteiro da sua vida..eram mais que suficientes para transbordar de emoções e sentimentos.Como um nome..o seu nome..em uma pequena (ou não) lista pode despertar tudo isso?Pelo simples fato de você saber que tá caminhando..que você tá viva..e que você pode alcançar coisas..e que como dizem você já tem a garantia de que vai "ser alguém na vida".Muitas vezes para isso acontecer pode demorar um certo tempo..alguns anos..para outros não vem logo de cara..de primeira..para muitos isso ainda não aconteceu..mas independente de quando e como ou onde..um dia vem..e é muito,muito legal.Nada mais reconfortante..nada mais bacana e que alívio que dá.Nem sempre pode ser aquilo que você realmente quer..mas pode ser o que você quer..o que você vai de encontro..e fazer valer a pena..e isso basta.Ela agora vai crescer mais ainda..ela vai fazer valer a pena os acontecimentos..ele também vai seguir em frente..talvez por outro caminho..outra estrada diferente da dela..mas apesar de ficar distante dele..ela tem uma esperança..o amor só acontece uma vez..e quem sabe ele seja o cara da vida dela..se for..de certeza os caminhos vão se cruzar novamente..e eles vão ficar juntos de novo.afinal de contas..existem estradas,pontes,meios de transporte,cruzamentos.Ela deixa um recado para ele: num disse que sou sua cruz?Seu carma?Pois é sou mesmo..eu te amo..e não vai ser dessa vez que você vai se livrar de mim..não mesmo..talvez em uma dessas voltas da vida você vai soltar minha mão..mas espera que um dia..e pode ficar certo disso e escrever isso e pregar na parede do seu novo quarto para que lembre todos os dias..eu ainda vou segurar tua mão de novo e quando o fizer..não vou mais soltá-la..não vou mais soltá-la..promessa é dívida..e dívida se paga..e eu vou pagar.Você querendo ou não..eu vou voltar e vou te buscar e vou te segurar firme e forte para que nada nem ninguém..nem coisa alguma me deixe sem você..me deixe longe de você de novo.Você pode até se esconder..mas eu adoro brincar de esconde-esconde..e vou te achar..seja onde for.Eu vou te achar..e vou te roubar definitivamente pra mim.Pra mim.

(Thaís Tenório.Cat.):D

"...em seus olhos castanhos. eu fui embora. em seus olhos castanhos. eu não pude ficar. em seus olhos castanhos. você a verá partir. então ligue a música. e se pergunte o que deu errado.o que deu errado?.se tudo.fosse tudo.mas tudo acabou.tudo.poderia ser tudo.se apenas fôssemos mais velhos.acho que essa é só uma canção boba sobre você.e sobre como eu perdi você.e os seus olhos castanhos.em seus olhos castanhos.eu me sentia fraca.por conta dos olhos castanhos.e você nunca saberá.alguns tem olhos castanhos.mas uma cara triste.eu sabia que isso estava errado.então,baby ligue o som.e toque aquela música.era tudo.era tudo.mas tudo acabou.tudo.poderia ser tudo.se apenas fôssemos mais velhos.acho que essa é só uma canção boba sobre você.e como eu perdi você.e os seus olhos castanhos.tudo.foi tudo.mas baby,esse é o último show.tudo.poderia ser tudo.mas é hora de dizer adeus,então.tome suas últimas doses.e dê sua última gorjeta.invista nos sussurros.sem truques.amor.eu não estou surpresa por ter me perdido nos seus olhos castanhos.nos seus olhos castanhos..."

(Lady Gaga.Brown eyes.):D

PS:eu te amo.
PS do PS: eu te amo..EU TE AMO..e isso não vai mudar..eu sei disso..porque sei de mim..e isso tá muito claro pra mim.
PS do PS do PS: passe o tempo que passar..eu vou te amar e vou morrer velhinha te amando ainda..e isso vai além dos fatos..fica velhinho comigo.
PS do PS do PS do PS: will you marry me?
PS do PS do PS do PS do PS: beijos muitos muitos beijos..sempre.


quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Misto.

s


Ela estava em um quarto alugado.Já se fazia mais ou menos dois dias que estava ali.Completamente sozinha.Aliás,ao alugar o único cômodo sua intenção era justamente essa..ficar uns dias sozinha.Precisava disso.Afinal,ele estava fora mesmo..sua melhor compahia tinha ido viajar..então..melhor ficar um pouco só.O que ela sempre soube aconteceu.Não que ela fosse nenhuma feiticeira ou adivinha..mas sei lá..ela sempre sentiu que isso mais cedo ou mais tarde fosse acontecer.Podia estar sendo precipitada,sim..mas a questão é que parece que sua intuição uma vez mais acertou.Nem queiram saber como foram esses dois dias nesse quarto..talvez pelo cenário que será descrito mais adiante vocês possam imaginar.Bom..prosseguindo..um turbilhão de imagens e pensamentos passavam freneticamente por sua cabeça..tanto que ela nem percebeu as batidas na porta.A última batida foi tão forte que fez com que ela despertasse de seus devaneios e fosse até lá..ver quem estava a bater.O estranho é que ela não tinha dito nem comentado nada com ninguém de onde ela estaria esses dias..apenas sumira.Enfim,foi até a porta..vai ver era um estranho querendo informação ou algo do tipo.Abriu a porta e se surpreendeu..era o seu amigo..o do balão.Ao olhar para dentro do quarto em que sua amiga se encontrava ele não mediu esforços para demonstrar que não estava feliz.O que ele via era justamente o seguinte:um quarto bem bagunçado..travesseiros,lençóis e almofadas espalhados por todos os cantos..o tapete estava atolado de papéis..embalagens de biscoitos e salgadinhos..caixas de remédios agora vazias também jogadas..cortinas fechadas..a penumbra reinava no ambiente..uma tv no mudo..uma garrafa de tequila vazia.Agora o que ele via em frente ao seu rosto: uma garota..bonita..jovem..com a maquiagem manchada de tanto chorar..os olhos antes vivos e cheios de brilho não demonstravam cor nenhuma..estava mais pálida que de costume..vestia uma camisola surrada..descalça..cabelos presos num rabo de cavalo mal feito..unhas por fazer..e percebia-se na aflição do seu rosto que precisava desesperadamente de um abraço.Antes de falar qualquer coisa..foi o que ele fez.Deu-lhe um abraço tamanho família.Ela retribuiu.E em seguida caiu num pranto de choro como ele nunca tinha visto.Ele a carregou nos braços até a cama.Deitou ela lá e sentou ao seu lado.Foi quando passados uns dez minutos,ele quebrou o silêncio:"Mocinha..posso saber o que aconteceu ou está acontecendo aqui?""Não era pra você ver..não era pra ninguém ver..até agora me pergunto como você soube que eu estava aqui.""Isso não importa..o que importa é que eu estou..e ainda bem que estou..olha só o seu estado..você já se olhou no espelho?""Não..nem quero..mas imagino como deve estar..mas nada que depois um bom banho e uma boa maquiagem não resolvam.""E me diz,de que adianta?Disfarçar por fora..mas por dentro...""Sei lá.""Eu sabia que você ia tá aqui..e sabia que você precisava de alguém..e por isso vim te sequestrar.""Sequestrar?Você e seus passeios né..""Né..e que você sempre curte que eu sei..e hoje levo vantagem porque você tá tão fraquinha que te levo apulso mesmo pelos braços."Leves risadas."Tá...cadê sua namorada?""Em casa..nesse passeio só quero eu e você..não me interprete mal mas..acho que vai ser melhor..você vai ficar mais solta.""Sei..""Vamos nessa então..que eu tenho um lugar lindo esperando por você."Ele pegou sua mão e saíram do quarto.Poucos minutos depois, se encontravam a bordo de uma lancha..o mar não estava muito calmo nem tão revolto..era mediano.Seguiram passeio."Essa lancha é sua?""Digamos que eu a sequestrei também..mas depois devolvo."Risos."Você hein..sei não""Tem certas ocasiões que precisamos tomar medidas extremas mesmo que isso ultrapasse nossa ética"Estavam parados em alto-mar.O sol era fraco mas ainda estava presente."E então..a senhorita pode começar a me contar tudo..sou só ouvidos..e você sabe que paciência eu tenho demais da conta..vai ser bom pra você conversar.""Na verdade eu tô sentindo um misto de dois sentimentos contrários..mas que ambos estão presentes ainda que não pareça muito."'Hum...prossiga.""Sabe..tô feliz..extremamente feliz..muito feliz mesmo pelo meu pequeno..sabe..ele passou no vestibular de primeira ó danado..mas ele merece..ele é incrível sempre disse..e sempre soube que ele passava.Tô muito feliz e orgulhosa dele..tá caminhando pro futuro dele..pra profissão dele..seguindo a estrada sabe em direção ao sucesso e a felicidade plena.""Que bom..não tava sabendo disso..mas apesar de não conhecê-lo fico feliz pacas por ele.""Queria ter podido abraçar ele sabe na hora..ajudar a raspar a cabeça dele..chorar com ele..rir com ele..mas não pude.""Nem sempre fazemos aquilo que desejamos na hora que queremos..fato.""Pois é..""E qual a tristeza nisso tudo?""A tristeza nisso tudo é bem simples..eu não passei..e vou acabar ficando sem ele..porque você sabe muito bem que distâncias não são lá muito amigas...""Eu sei..e pela sua carinha você já sabe o que vem depois né?""É..eu sei muito mas muito bem o que vem depois..juras,promessas...mas assim como a distância as vezes ajuda..ela gosta mais de atrapalhar..e então puft..as coisas tristes acontecem.Mas pode não parecer mas eu sou uma pessoa muito sensata...e sabe..ele deve ir..ele tem que ir..é a vida dele caramba.. e eu o amo tanto..e é por amá-lo assim que eu quero que ele seja feliz e realizado sabe..que eu quero que ele trate das pessoas..que ele cresça profissionalmente..que ele continue sorrindo..que ele seja feliz,sabe..porque ele sendo feliz eu tendo certeza que ele tá feliz eu vou tá também..afinal..quando a gente gosta de verdade verdadeira é assim que a gente pensa..é assim que a gente quer..e por mais que eu queira ter ele por perto..eu sei que a gente vai tá distante..mas meu coração sempre vai ser dele..sempre..e assim como minhas intuições..eu estou certa disso..mais do que tudo nessa vida que eu já passei..essa é a única certeza que eu tenho..mesmo mesmo.""Eu te entendo..e acho que no seu lugar estraia do mesmo jeito..mas você não deve se destruir por conta disso..a nossa vida é tão cheia de altos e baixos..de surpresas..o mundo gira né?E existem trocentas possibilidades de reverter as situações..a gente não pode agir como se já estivesse certo de que algo triste tá pra acontecer amanhã porque a gente não sabe se vai acontecer...eu sei que tá mais do que na cara e escrito com néon que vocês vão ter que ficar longe..o que eu posso dizer..é que aproveite..aproveite o tempo que ainda resta pra vocês..ainda há tempo..ainda há tempo de sorrir..tenho certeza que se ele gosta de você não ia ficar nada satisfeito tampouco feliz em ver o estado que você tava..em ver como eu te encontrei..o lugar que você tava..ele não ia gostar nada nada e você sabe disso.""Eu sei,eu sei disso..mas é que as vezes a gente nem sabe pra onde correr..""Eu entendo..mas acho que não é porque estamos assim que a gente tem que correr pra bebida..pra remédios..pra solidão..pra escuro..pra insônia..não é por aí e eu sei que você sabe disso.E se você quer aproveitar ainda ..e se você ainda quer se dar uma chance..ainda quer ser feliz..não é por aí que você vai conseguir..só depende de você.""Eu sei..vou voltar pra casa amanhã..e sabe vou tá aqui esperando pra quando ele voltar..de braços abertos..e pronta pra ele..e quero poder desfrutar cada segundo que me resta perto dele..porque eu o amo..e é a primeira vez que isso acontece pra mim e creio eu que será a primeira e última..e única..torço tanto por ele..e quem sabe um dia a gente se esbarre por aí né.."Ela recomeçou a chorar.Ele se aproximou..a colocou debaixo de seus braços..acariciou seu rosto e seus cabelos.."Eu tÔ aqui com você..eu vou estar aqui com você..pode escrever..isso é uma promessa..te quero muito bem,garota.."Beijou seu rosto molhado."Brigada..brigada mesmo..eu nunca vou poder realmente te mostrar o quanto sou grata a tudo..tudo mesmo..brigada..mesmo""Eu sei exatamente como me mostrar..sendo feliz..sorrindo"Ficaram a olhar o mar..ainda pescaram ou tentaram pescar algum peixe.Voltaram.Ele deixou a lancha onde estava..do jeito que a encontrara.Chegando no quarto alugado ele a ajudou a organizar as coisas..jogar o lixo..arrumar a cama."Vou dormir contigo hoje."Ele reparou na cara de espanto dela."Relaxa..eu durmo no tapete..é só pra você se sentir melhor.""Assim sim".Riram.Ao deitar..ela se sentia melhor..os dias que tinha passado com seu pequeno tinham sido os melhores..ele foi o melhor..e ela dormiu.Guardando a certeza de que um dia eles iriam estar juntos novamente..a certeza de que o amava..e assim seria..até  o dia em que ela não estivesse mais nessa dimensão.Talvez voltaria para Marte..ou para outra cidade qualquer..ou ficaria aqui..ou ia tentar ficar perto dele..essas coisas ela não tinha certeza..não sabia..só sabia que ele é agora o doutor mais lindo do mundo..que ele é e sempre será..seu pequeno grande garoto..que ele é e sempre será o seu amor.

(Thaís Tenório.Cat.):D

"...o céu azul sobre nós pode desabar. e a terra bem pode desmoronar.pouco me importa, se tu me amas. pouco se me dá o mundo inteiro.desde que o amor inunde minhas manhãs.desde que meu corpo esteja fremindo sob tuas mãos. pouco me importam os problemas.meu amor, já que tu me amas.eu irei até o fim do mundo. mandarei pintar meu cabelo de louro.se tu me pedires.irei despendurar a lua.irei roubar a fortuna.se tu me pedires.eu renegarei minha pátria. renegarei meus amigos.se tu me pedires. bem podem rir de mim. farei o que quer que seja. se tu me pedires.se um dia a vida te arrancar de mim.se tu morreres,se estiveres longe de mim.pouco me importa,se tu me amas.porque eu morrerei também.teremos para nós a eternidade.no azul de toda a imensidão.no céu não haverá mais problemas.meu amor,acredite que nos amamos.Deus reúne os que se amam..."

(Edith Piaf.Hymne a l'amour.);D

PS:euteamopequeno.
PS do PS:parabénsssss de novo novamente lol.
PS do PS do PS:saudade.
PS do PS do PS do PS:ILU.SLU.


terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Pintura.



Ela estava em casa.Queria pintar um quadro.Havia muito mas muito tempo que não fazia isso.Então,se deslocou para uma parte quase deserta da sua casa..achou uma tela,estava em branco,obviamente..pedindo para ser pintada.Em seguida,pegou uma caixa grande que continha todos os tipos de tintas,pincéis,etc e tal.Colocou a tela no lugar certo,bem apoiada e ocmeçou a pensar o que ela pintaria.Na sua cabeça veio de imediato: o amanhã..o depois..o mais pra frente..o futuro.Então outra pergunta vem em sequência..como eu pintaria o futuro?Como eu poderia expor isso tudo numa tela?A tela estava em branco.Começaram a surgir ideias...ela poderia pintar uma faculdade..com muitos jovens na sua frente..e ela vestida de branco com o seu garoto do lado..ia ficar legal.Ou,poderia pintar um rio...é...com uma mangueira ou mais em sua margem..e em uma delas uma garota  subia nela enquanto o seu garoto estava embaixo esperando ela cair feito uma das próprias mangas e ficarem a dar risadas da situação,chupando manga e molhando os pés na água fria..seria muito bom.Tem outra opção também..ela poderia pintar uma estrada..com algum mato ao redor..na direção 'sempre me frente' com ela e um garoto de mãos dadas caminhando para tal direção..é uma boa possibilidade também.Podia pintar também..dois jovens,juntos,com uma boa sintonia,a bordo de um cometa em direção à Marte...sim..todas eram ótimas ideias..foi quando ela percebeu que em todas as suas possibilidades sempre existia algo em comum:ele...sempre existia ele nos seus planos..sempre existia ele nos seu sonhos..vontades..sempre existia ele no sempre em frente..sempre.E isso vai além da tela de um quadro.Bem que ela gostaria de 'pintar' o futuro..pena que isso vai ficar na vontade..afinal..a gente nunca sabe o que vai acontecer amanhã..e depois..e depois..e depois.A como ela queria poder ter o poder de construir o futuro...de fato.Sim,porque ela sabe que a gente pode até fazer coisas que possam ajudar mais na frente..que possam abrir caminhos..construir planos..mas certeza mesmo se vai dar certo ou ocorrer..não se pode ter.A tela estava em branco.Branco...soa tão vazio...tão sem ânimo..sem expectativa..mistério.Ao voltar a realidade..ela se sentiu um pouco melancólica..precisava de um café e de um bom banho frio.Desistira..não há como desenhar o futuro..só desejar.E aí..enquanto caminhava para o banho..veio uma parte de uma canção de um cantor que ela adora de paixão..Zeca Baleiro..e que fala justamente sobre isso..a canção dizia assim: "..é mais fácil mimeografar o passado que imprimir o futuro.." Fato.Foi para o banho..parou de pensar esse tipo de coisa..é tão melancólico..ela não quer sofrer por antecipação..se ela nãos abe o que vai ser do amanhã..melhor esperar a sofrer antecipadamente..things change..tudo pode acontecer..e as coisas mais dificéis podem ser conquistadas com paciência e vontade.Entrou na ducha fria..uau..chega faltou ar..mas é bom..depois fica bom..e debaixo da água fria ela agradeceu a uma força maior que ela..agradeceu por ter conhecido o garoto mais incrível do mundo para ela este ano..o seu pequeno grande garoto...e saber que de alguma maneira ela o possuiu em algum tempo,de algum modo,fazia surgir felicidade e sorrisos..sorrisos alegres mais do que cosquinhas na barriga..e isso é bom.Enquanto ela tomava banho , a tela permanecia no mesmo lugar..enquanto ela tomava banho,em outra cidade,em outro lugar ele fazia e pensava o mesmo..enquanto ela tomava banho..a força reservava um futuro para os dois.A lua estava lindamente no céu..mais um dia se passou.A tela continuou em branco.

"...é mais fácil cultuar os mortos que os vivos.mais fácil viver de sombras que de sóis.é mais fácil mimeografar o passado que imprimir o futuro.não quero ser triste.como o poeta que envelhece lendo Maiakóvski na loja de conveniência.não quero ser alegre.como um cão que sia a passearcom o seu dono alegre sob o sol de domingo.nem quero ser estanque.como quem constrói estradas e não anda.quero no escuro como um cego tatear estrelas distraídas.amoras silvestres no passeio público.amores secretos debaixo dos guarda-chuvas.tempestades que não param.pára-raios que não tem.mesmo que não venha o trem não posso parar.veja o mundo passar como passa uma escola de samba.que atravessa.pergunto onde estão os teus tamborins?.sentado na porta de minha casa.a mesma e única casa.a casa onde eu sempre morei..."

(Zeca Baleiro.Minha casa.):D

PS:euamovocêpequenogaroto.
PS do PS:nãoquerovocêdistantedemim.
PS do PS do PS:vocêéamelhorcoisaquemeapareceuenãopossodeixarpassar.
PS do PS do PS do PS:beijos muitos muiots beijos.todos os possiveis.
PS do PS do PS do PS do PS:e para dar mais ênfase: ILOVEYOUBABY.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

O retorno de Marte.



A viagem para Marte tinha corrido tranquila..mais do que ela esperava.Mas não passou muito tempo lá..3 dias , apenas..se foi proveitosa? Talvez.Deu tempo para ela pensar em muitas prioridades e em muitas coisas..deu tempo de faxinar a sua antiga casa..deu tempo de passear de cometas..deu tempo de descansar..due tempo de colher estrelas para dar de presente a alguém especial no seu retorno.Já era noite.Estava embarcando na sua "nave"..iria retornar à Terra agora..precisava fazer isso o mais rápido possível..precisava encontrar alguém.Fato.Esse alguém..sabe quem..ele.Não sabia se era só impressão mas parece que a viagem de volta tinha sido mais rápida..pois não tardou muito e ela já estava pisando em solo "terreno".Parou naquela mesma estação.Ao descer com sua pouca bagagem,avistou logo uma rosa no chão..murcha..talvez alguém tivesse deixado ela cair..ou a tivesse jogado fora..ou ela teria voado até ali através do vento..n possibilidades..enfim..do mesmo modo pegou a rosa..tadinha..devia ter sido bonita antes de murchar pois ainda assim nesse estado guardava uma beleza diferente.Ao sentir o toque da Marciana..a rosa parecia ter liberado uma certa luz.."coisa da minha cabeça"..pensava ela.Achava que estava imaginando coisas..mas..não..a rosa realmente ficou diferente ao receber seu toque..era como se ela estivesse ganhando vida novamente..ficando bela..novamente.Talvez a rosa estivesse a sua espera esse tempo todo.Enfim.ela apanhou a rosa,as bagagens e ia saindo da estação quando de súbito um vulto parecia ter entrado lá.De inicio ela se escondeu atrás de uma coluna para ver melhor..afinal , nos dias de hoje não podemos nos arriscar tanto.Mas ao observar melhor ela conseguiu enxergar..e mesmo que não conseguisse ver nada ainda sim tinha certeza pois sentira um calor estranho no peito..o calor que ela já sabe a quem se referia..ele.Era ele.Ela percebeu que ele tinha coisas nas mãos também.Travesseiro..alguns biscoitos..cobertor..água..parecia que ia se alojar ali mesmo.Foi então que ela notou que muitas coisas ou restos delas estavam ali na estação..como se ele tivesse vindo todas as noites..ficar ali..talvez até esperando a sua volta.Ela resolveu aparecer.Afinal de contas, era pra isso que tinha voltado..para falar com ele..para encontrálo.Quando ela surgiu por entre a escuridão..ele pareceu não acreditar muito..podia ser só uma miragem..um devaneio..um forte desejo.Ele pensou isso tudo até o momento que ela tocou os seus cabelos.Não..era ela..mesmo..de carne e osso..não era sonho.Ficou mais certo disso ainda quando ela disse "oi,pequeno"..e lhe deu um abraço..o mais forte que ela podia dar.Ficaram um tempo demasiado abraçados..fortemente..sem dizer nada..só abraços..mas os abraços já falavam por mil palavras.Ficaram assim a noite toda..até pegaram no sono no chão da estação daquele jeito..abraçados..entrelaçados..como que querendo contradizer Newton.E dormiram..sem dar de fato uma palavra sequer..só abraços..e quem sabe alguns beijinhos.Mas era isso mesmo que ela queria..as palavras ficam para amanhã..mesmo que dentro dela..algo subia em sua garganta e queria sair.."I...." não..as palavras ficam para amanhã..ainda que o sentimento já estivesse presente naquele momento..ainda que o sentimento estivesse presente.

(Thaís Tenório.Cat.):D

"...há pessoas que sabem expressar.a grandeza dos seus sentimentos.eu não tenho nenhuma facilidade.é uma questão de temperamento.não consigo dizer o efeito que provocas em mim.mas concerteza é uma coisa de louco.começa aqui.passa por ali.continua.e depois vai para onde?.isso não sei.mas logo volta.e começa tudo outra vez.só existe um remédio para passar tudo isso.é quando me tomas em teus braços.na tua mão está a minha linha da sorte.e em teus olhos meus dias de alegria.bem se pode dizer que a vida tem momentos tão maravilhosos.a ponto de me perguntar se o paraíso apesar do que falam  é melhor do que aqui.se eu pudesse dizer o efeito que provocas em mim.com certeza é uma coisa de louco.se quiseres saber o que eu acho.nosso amor é como um pouco de branco.é uma cor bonita o branco.mas suja logo.assim sendo,cuido dele direitinho.achas que temos mesmo sorte de nos amarmos e sermos felizes?.há tanta gente no mundo que gostaria de estar apaixonado.tu tens um jeito de me olhar.realmente nem precisas falar.e se eu provoco em ti o mesmo efeito.então,concerteza provocamos um no outro uma coisa de louco..."

(Edith Piaf. L'effet que tu me fais.):D

PS:ILU.SLU.
PS do PS:sim..sim..tenho quase certeza que você é melhor que o paraíso.
PS do PS do PS:stay with me..please..never leave me..
PS do PS do PS do PS: beijo e beijo coisamaislindadomundotodo.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

:T



Eu sou a que no mundo anda perdida.Eu sou a que na vida não tem norte.Sou a irmã do Sonho,e desta sorte.Sou a crucificada ... a dolorida ...sombra de névoa tênue e esvaecida.E que o destino amargo, triste e forte.Impele brutalmente para a morte!.Alma de luto sempre incompreendida!.Sou aquela que passa e ninguém vê.Sou a que chamam triste sem o ser.Sou a que chora sem saber porquê.
Sou talvez a visão que alguém sonhou.Alguém que veio ao mundo pra me ver.E que nunca na vida me encontrou!.

(Florbela Espanca.):D

"...contando estrelas.de um céu distante.me faz lembrar o meu lugar.meu coração aperta.sem nem me avisar.
vendo um brilho lá no meio.que não pode mais existir.memorizo num instante.o meu próprio céu.
são tantos céus.tão diferentes.que nunca sei.o meu lugar.me encontro sempre olhando.perdida no ar.relembrando meus momentos.que me fazem só contemplar.naquele tempo eu tinha tempo.de me recostar.sob o céu no meu coração.eu vou contar até te achar.por um instante eu soube.qual é o seu lugar.vendo um brilho lá no meio.que não pode mais resistir.memorizo num instante.o meu próprio céu..."

(Bebel Gilberto.Céu distante.):D

PS: dor de cabeça...dia de tédio..queria você bem..mas a culpa é minha de deixar justamente o inverso..sorry again.
PS do PS: amanhã é outro dia..espero fortemente que seja melhor.
PS do PS do PS:ILU..pode ser dificil acreditar..mas é assim.
PS do PS do PS do PS:beijos.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Marte..uma vez mais..Marte.



Ela estava sozinha.Eram exatamente 15 e 35 da tarde.Tudo estava quieto.Calmo demais.Silêncio demais.Esse é o problema.Nenhum sinal.Nem de bem nem de mal.Nenhum sinal.Nem o vento se atrevia a uivar.Ela estava em algum lugar parecido com uma estação.Mas não era de ônibus ou trem.Era uma estação diferente.Ela estava parada em frente a algo que provavelmente seria o seu meio de transporte.Estava pensativa.Muitas vezes na nossa vida os sinais ou a ausência deles nos levam a tomar certas atitudes..às vezes precipitadas..drásticas..corretas..erradas..por impulso...melancólicas..apressadas..necessárias ou não.Em determinadas vezes essas atitudes são momentâneas..passageiras..refelxivas..temporais.Elas vem e passam.Ás vezes solucionam algo..às vezes não..mas todo mundo sabe que sempre existem dois lados da moeda.Ela vestia um vestido preto.Não havia maquiagem em seu rosto.Estava limpa.Estava "ao natural".A única coisa que pintava o seu rosto eram as olheiras..marcas de noites mal dormidas.Seu cabelo estava molhado.Dessa forma..pareciam mais negros ainda.Suas unhas não estavam pintadas..nem sequer com base.Estava descalça..não iria precisar de sapatos.É uma longa viagem..precisava se sentir confortável.Deu o primeiro passo.Olhou para trás.Nenhum sinal.De ninguém.Nem dele.Ninguém viera se despedir dela.Falta de sinais.As pessoas foram embora.Ele não estava ali.Ele não estava com ela.O que a fez concluir que nada mais faz sentido nesse momento.'everyone I know goes away in the end'..essa parte da canção do Clash não saia de sua cabeça..parecia fazer sentido.Uma lágrima molha sua límpida face.Ela entra no que lembra uma nave espacial.Afinal,ela nunca negou sua origem..Marte..não vai ser uma viagem legal.Sem ninguém.Nem amigos..família..nem Selth..nem Davi..nem ele.Ele.Nem as lágrimas apreciam a solidão..por isso outra foi derramada em seu rosto para acompanhar a anterior.A nave partiu.Rumo à Marte.Apesar de ser seu lar..ela só vai a passeio..ela vai retornar à Terra.Já estava no imenso Universo..por isso não notou que alguém se atrasara para despedir-se..ou ela que saiu cedo demais.Uma rosa vermelha escorrega da mão daquele que aparecera na estação.Não deu tempo.Não deu tempo.Ainda iria levar algumas horas para chegar em Marte..enquanto isso,ela admira toda aquela imensidão..uma escuridão com diversos pontos de luz.Ele deveria estar com ela.Ele disse que estaria com ela.Ele disse.Mas não está.Mas ela não vai se lamentar..afinal,ela vai voltar.Ela vai voltar.E espera que dessa vez ele esteja lá.E se ele não estiver ela o encontrará.Ela prosseguiu viagem.E lá na estação estava ele.Não deu tempo.Ele tinha ido buscá-la.Não deu tempo.Ele não queria que ela viajasse sozinha.Não deu tempo.Mas ela vai voltar.E tudo vai se normalizar.Ela vai voltar e com a certeza de que só sairá novamente da Terra se levar consigo aquele pequeno grande garoto.Se levar consigo 'ela mesma'.Se levar consigo o sentido de tudo..you.

(Thaís Tenório.Cat):D

"...quando você esteve aqui antes.nem pude te olhar nos olhos.você é como um anjo.sua pele me faz chorar.você flutua como pluma.num mundo perfeito.eu queria ser especial.você é tão especial.mas eu sou uma aberração. um esquisito.que diabos é que eu estou fazendo aqui.este não é meu lugar.não me importa se vai doer.eu quero ter o controle da situação.quero um corpo perfeito.uma alma perfeita.quero que você perceba.quando eu não estou por perto.porra. você é tão especial.eu queria ser especial.mas eu sou uma aberração. um esquisito.que diabos é que eu estou fazendo aqui.este não é meu lugar.ela está indo embora.esta fugindo.ela se vai.o que você quiser para te fazer feliz.o que você quiser.você é tão especial.eu queria ser especial.mas eu sou uma aberração. um esquisito.que diabos é que eu estou fazendo aqui.este não é meu lugar..."


(Radiohead.Creep.):D


PS:ILU...
PS do PS: oi...oi...
PS do PS do PS: :*

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Ainda é época de morangos.




Incrível como o tempo voa.Incrível como as pessoas passam por nós.Incrível como as coisas mudam.Incrível como a gente cresce.É tudo tão rápido nessa vida..ou não.Ou deve ser porque muitas vezes a gente passa despercebida por ela e quando caímos na real..já se passou um ano.Um ano...um ano que com todos os seus altos e baixos foi um ano diferente pra mim..foi legal..muita coisa aconteceu em pouco tempo.Muita coisa deixou de acontecer em muito tempo.Que contradição..mas quer maior contradição do que a própria vida?.Sempre que chega o fim de mais um ano..eu fico parada..pensando..relembrando cada coisa que me aconteceu no que passou..coisas boas..coisas não tão boas assim..as pessoas..é..as pessoas..a pessoa.E em seguida me ponho a pensar como será o próximo ano?Melhor que esse?Pior?Mais diferente ainda?Vai voar também?Ou não?Quem sabe..o amanhã sempre é um mistério..por mais que façamos planos..imaginamos as coisas..torcemos..nunca se sabe o que vai ser do amanhã..se é que ele vai chegar pra começo de conversa né.E sempre eu agradeço pelo ano que tive..pelas oportunidades que tive..ou não..mas agradeço..tudo é aprendizado..tudo é crescimento..tudo é válido..e peço pra que no próximo ano as coisas sejam melhores..mas que sejam o que elas tem que ser..o que tem que ser.Chega o fim do ano..e começa aquele sentimento de culpa aguda..podia ter feito mais por mim..podia ter feito mais por alguém..podia ter aproveitado mais..podia ter tomado aquela decisão..podia ter acertado mais..podia ter sido mais gentil..podia ter sido mais firme..podia ter sido mais mulher..podia ter sido mais menina..podia..podia..mas não fui..ou não fiz..e não existe arrependimento pior do que "eu devia"..é melhor nos arrependermos daquilo que fazemos do que daquilo que não foi feito..ficou só nos planos..nas vontades.Mas aí já serve de exemplo..pra que no próximo ano..as coisas continuem a se transformar..o que foi feito e deve ser repetido..o que não foi feito e deve ser feito..o que não foi feito e nem deve vir a ser feito..o que foi feito e não deve ser repetido.Como diz uma musiquinha da Marisa.."o mundo é uma escola..a vida é um circo".E a gente sempre aprende no final..forçado ou não..a gente aprende.E sempre é tempo de aprender..e sempre é bom aprender..e fica a certeza de que não importa quantas chances você perdeu..quantas pessoas passaram por você..quantas situações foram difíceis ou complicadas..o quanto você sofreu em determinado momento..quantas decepções a vida te deu..fica a certeza que ainda há oportunidades..ainda vai nascer um Sol..um dia vai sair pra deixar o outro dia chegar..o inverno sempre passa..e com ele vem as flores da primavera..que não importa o quanto neve ou chova na sua plantação..sempre..ainda vão existir chances..e lembrar que independente de tudo isso..ainda é época de morangos.

(Thaís Tenório.Cat.):D

"...quantas coisas eu ainda vou provar.e quantas vezes para a porta eu vou olhar.quantos carros nessa rua vão passar.enquanto ela não chegar.quantos dias eu ainda vou lhe esperar.e quantas estrelas eu vou tentar contar.e quantas luzes na cidade vão se apagar. enquanto ela não chegar.eu tenho andado tão sozinho que eu nem sei no que acreditar.que a paz que busco agora nem a dor vai me negar.não deixe o sol morrer.errar é aprender.viver é deixar viver.não deixe o sol morrer.errar é aprender.viver é deixar viver.quantas besteiras eu ainda vou pensar.e quantos sonhos no tempo vão se esfarelar.quantas vezes eu vou me criticar.enquanto ela não chegar.eu tenho andado tão sozinho que eu nem sei no que acreditar.que a paz que busco agora nem a dor vai me negar.não deixe o sol morrer.errar é aprender.viver é deixar viver.não deixe o sol morrer.errar é aprender..."

(Frejat.Errar é aprender.):D

PS: hoje definitivamente não é meu dia.
PS do PS:beijos.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

A princesinha de um lugar qualquer.




Em reino qualquer..num lugar qualquer..num castelo qualquer..existia uma linda e doce princesinha.Apesar de viver rodeada de paisagens..luxo..mimos..animais..ela era triste.Sua tristeza vinha justamente da certeza de que falta alguma coisa nela..perto dela.Seu coração implora por compahia.Desde pequena ela era chamada de princesa..não só pelo fato do seu pai ser o rei do reino qualquer..mas por ser educada..gentil..carinhosa..charmosa..meiga..calma..polida.Uma princesinha.Mas toda aquela gente que ela conhece desde cedo..seus criados..pais..nobres e etc..ao falarem tal palavra não causam impacto algum na pequena garota..além de mesmice..tédio..nada demais.Na verdade ela queria que outro alguém pudesse chamá-la de princesa de um jeito que fizesse toda a diferença..que chamasse atenção..que seria música em seus ouvidos..quem sabe um príncipe..tal qual nos contos de fadas que ela costuma ler.Não custa nada sonhar..imaginar..desejar..afinal,não existem príncipes encantados.Todos os dias ela caminha pelo jardim e observa que todos os seres ali presentes tem um par..as borboletas..seus animais de estimação..até as flores sempre possuem outra ao lado..mas ela..não.Mas ela também sabe que um dia esse alguém irá aparecer para ela.Irá chamá-la de princesa e lhe beijar a face.Irá admirá-la e alisar seus longos cabelos.Irá ampará-la e amá-la.Diariamente ela sonha e pensa nisso.Diariamente ela vai ao jardim esperá-lo.Diariamente ela necessita de um abraço sincero e quente.Diariamente ela luta para vencer as lágrimas.Diariamente ela se produz toda e fica mais bela ainda para esperá-lo.Diariamente ela não desiste.Alguém sempre aparece no final.Ela quer ser feliz.Ela quer ser mais que uma simples princesinha.Ela quer poder acordar todos os dias com alguém presente ao seu lado.Compartilhar sorrisos..passeios..jardins..refeições..banhos..carinhos..vida.Ela quer ter o seu par.Então ao cair da noite ela sempre está ali..no alto da sacada do seu quarto..espionando a escuridão com suas estrelas e mistérios..esperando encontrar no meio do breu um rosto especial.Ela não sabia que o tal rosto já a espionava por entre os arbustos..todas as noites ele sabia que ela estaria ali..então ia até lá e ficava a suspirar só de encará-la de longe.Ela era uma princesinha..em todos os sentidos,ele sabia.E um dia,quem sabe apareceria para ela..e a chamaria daquilo que ela quisesse ouvir..e a faria feliz..seria feliz com ela..seriam felizes.Ela vai deitar cheia de esperanças ainda.Ela só quer ser feliz..com seu príncipezinho.E ela conhece bem os finais dos contos de fadas..sempre os mesmos..'e viveram felizes para sempre'..mas ela qeria modificar o fim..será que seria pedir muito o ' e viveram felizes'?..Pra ela já tava legal..sem o sempre..desde que fossem felizes.Sem tempo determinado..desde que felizes..desde que a felicidade estivesse lá.Sem o sempre,porém felizes.

(Thaís Tenório.Cat.):D

"...senhora fada que se esconde nas paredes.a vida é curta e a espera é longa.as estrelas lá no alto.desaparecem com o amanhecer.senhora fada que se esconde nas paredes.seu conto acaba de se iniciar.começa lá de longe.na terra de lugar nenhum.onde o vento sopra um som.pra lá de conhecido.senhora fada seu amor a muito foi embora.Oh querida ouça minha alma e cuide do meu choro.porque todas as minhas lagrimas podem criar um rio em meu coração. a vida é boa.tão boa quanto você quer que seja.linda senhora os cavalos estão de volta.trazendo prazer e felicidade.mas de repente os cavalos foram embora.eram apenas as batidas do seu coração sozinho.querida ouça minha alma e cuide do meu choro.porque todas as minhas lagrimas podem criar um oceano em meu coração. a vida é boa.tão boa quanto um beijo.minha querida. agora eu não posso conter meu choro. minhas lágrimas me afogaram.e me recuso a perceber.o que resta em minha volta. é tudo tão estranho. é tudo tão escuro.estou completamente sozinho aqui.para juntar os pedaços do meu coração.pequena senhora seu conto tem um fim.para o céu o seu amado foi mandado.ele se transformou em faíscas que brilham com as estrelas.e à noite ele sempre estará lá.para cuidar de sua fada.e assim ele nunca morrerá..."


(Shaman.Fairy tale.):D


PS:me sinto  só..muito..com você assim distante de mim.
PS do PS: eu não estou indo..preciso de você..mais ainda.
PS do PS do PS:gosto muito de ti..bem mais do que eu pensava que iria gostar.beijos e beijos.
PS do PS do PS do PS: sinto saudade..demais.beijos e mais beijos.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Distraindo.




Ela estava tensa.Muitas coisas importantes e decisivas estavam para acontecer nos próximos dias.Ela precisava ficar mais calma..mais relax..menos preocupada e angustiada..tudo vai dar certo.E se não der,paciência,outros dias e outras oportunidades virão..ainda há chances.Estava no seu quarto.Era fim de tarde.Tinha voltado de alguns lugares.Sua compahia?uma boa xícara de café..Dostoievsky também estava ao seu lado..mas ela estava tão confusa e nervosa que teve impaciência só de encará-lo.Estava presa em pensamentos..sonhando acordada..analisando as inúmeras possibilidades..quando o seu celular deu sinal de mensagem.Ela adora mensagens.Ela é compulsiva por mensagens..o que não agrada muito ao responsável pelas finanças relativas ao seu celular..seu outro homem.Enfim,ela pegou o aparelho..uma nova mensagem.Ver agora?Claro.Era dele.Seu baby..seu pequeno príncipe..isso é bom.Ela gosta dele.Com um sorriso estampado no rosto,respondeu com prazer a mensagem.Ela gosta dele.Fato.Mesmo.Faz alguns dias que ela não o encontra..ela tenta entender..afinal ambos vão passar pelos mesmos momentos importantes e decisivos e precisam de certa forma reservar um tempo para isso..lógico que deveriam ter para eles também..mas quando tudo acabar eles ficarão juntos.O que interessa é que ela gosta dele..isso não muda.Ela sentia saudades dele..lembrava seu último encontro..quando novamente o celular tocou..dessa vez era uma ligação.O seu amigo do balão.Ela atende."Oi,tudo bem?"disse ele..e ela prontamente respondeu:"Sim,sim..vou indo né..sabe aquela velha tensão..mas ..normal..tô caminhando.E você?""Sabia que cê ia tá assim..por isso liguei..você precisa relaxar um pouco..distrair , sabe..daí eu vou fazer um fondue aqui em casa..a minha namorada vai tá aqui também..e resolvi te chamar..vai ser legal..e assim vocês se conehcem né?""Adoraria ir..mas não sei.""Qual o problema?Se não gostar de fondue a gente faz outra coisa..""Não,não adoro fondue..muito..de todos os tipos..o negócio é que você com a sua namorada e eu lá de vela no meio,atrapalhando..""Que nada..ela faz questão que você venha..tá doida pra te conhecer..ela diz que eu falo muito de ti..se você quiser pode chamar o seu garoto também,sem problemas.""Bem que eu queria..mas cê sabe né..ele não mora aqui e essa hora já deve ter voltado pra cidade dele..mas já que ela insiste..e vocês não vêem problema..eu vou sim.""Perfeito.Passo na sua casa e te pego daqui a meia hora pode ser?""Uhum..fechou.""Beijos..até daqui a pouco..e vê se não demora muito no banho..sou pontual.""Relaxe..eu também sou..ou tento né.Beijos."Tomou banho e se trocou rapidamente..quem depende de carona não pode se dar ao luxo de atrasar.Assim que ela estava colocando o perfume..ele chegou."Oi..se arrumou rápido mesmo hein garota..mas o resultado tá bacana.""Oi..foi sim..e brigada pelo 'bacana' vou considerar como um elogio.""Mas é."E foram.Seu amigo dirigia bem..nem rápido demais..nem devagar..normal..a casa dele era um tanto longe da sua..mas de carro né tudo fica perto.Ao chegarem,a namorada dele esperava na sala.Estranho..assim como seu amigo ela não conseguia enxergar bem o rosto dela também..até já se acostumara com isso..mas pelo o que dava pra notar..ela era uma garota bonita."Bom,essa é minha namorada..essa é minha amiga."Se cumprimentaram."Oi,prazer..meu amor sempre fala de você..tá famosa viu?se depender dele..sorte sua e dele que não sou ciumenta.""Imagino..e nem precisa ser..somos bons amigos..e eu já tenho o 'meu amor' também.""Tô sabendo..e por que ele não veio contigo?""A..ele não mora aqui..ai essas coisas assim meio que de última hora..complica né..mas adoraria a presença dele comigo.""É uma pena,mas entendo."Sentaram.Ele falou:"E aí,queridas damas,o que vão querer beber?""A visita é quem escolhe.""Nossa gente,vocês podem decidir..mas já que insistem..acho que pra acompanhar um bom fondue..já que tenho as boas compahias..só falta o vinho.""Essa sua amiga é boa mesmo viu,amor..acertou em cheio..nada melhor mesmo."Eles beberam..conversaram..comeram..e fizeram esse ciclo por um bom tempo.Seu amigo,gentilmente foi arrumar a cozinha,enquanto isso,as garotas conversavam."Você gosta né do seu garoto?""Muito..cara..nunca esperei gostar tanto assim sabe.""Percebe-se nos seus olhos..brilham quando fala dele.""Ele é o garoto mais encantador que conheci..ele sabe exatamente como me fazer sorrir..me deixar bem..mesmo que não diga nada..estando comigo..já fez tudo sabe.""Uhum..sei sim.Isso é bom..né.""Concerteza..eu percebi vocês dois..assim juntinhos..numa sintonia tão boa..que cara..também se nota que vocês se gostam demais.É tão lindo de se ver..e de saber que ainda existem pessoas assim..que se entregam..que se gostam..que se respeitam e compartilham tudo..que se entendem até via pensamento..como se já se conhecessem a séculos.""É verdade..e sabe..não vou mentir que com o entusiasmo que meu amor falou de você quando te conheceu..me deixou meia intrigada..uma pitadinha de ciúmes..mas agora eu também ocnfirmo o que ele disse..você é ótima..incrível..e como eu li em algum lugar dia desses..não existem pessoas boas ou más..existem aquelas que são simplesmente encantadoras..e você é a prova disso..um encanto..doce..gentil..atenciosa..mas firme..deixa a maraca da presença sabe..tem um quê de mistério..charme e um jeito diferente..sei lá..um tanto boneca..um tanto sensual..provocante..tentador."Risos.Mais risos.Muitos risos."Costumam me dizer isso mesmo..agora sei que devo ser realmente assim."Ela olhou o relogio."Poxa..já é tarde e amanhã tenho aula logo cedo..preciso ir..vocês me levam,por favor?"Seu amigo foi quem respondeu:"Levamos sim..vamos lá."Entraram no carro em meio a risadas e música.Sua casa.O carro para."Gente,brigada mesmo..vocês estavam certos..já me sinto outra,revigorada..foi uma ótima distração..ótima noite..só não foi perfeita porque meu gatinho não tava comigo..mas foi tudo muito bom..brigada mesmo..e foi um prazer te conhecer,guria"."Prazer foi meu..aparece viu?Vamos manter contato..você é um doce.""Brigada..brigada por tudo, gente..se cuidem e juízo..adoro vocês."Se despediram com beijos e abraços.Ela entrou.Todos estavam no mínimo no décimo sono da noite..iria fazer o mesmo.Mandou uma mensagem pro seu benzinho antes de deitar.Ela gosta dele.A noite foi ótima..mas no fundo ela sabia que tudo tem um sentido a mais quando ele está junto.Deitou-se.Não demorou muito e caiu no sono.Amanhã é outro dia..e é sempre bom dar uma distraída.Naquela noite..como em muitas outras..ela sonhou com ele."Buenas noches,chica".E sonhou.

(Thaís Tenório.Cat.):D

"...nada vai permanecer.no estado em que está.eu só penso em ver você.eu só quero te encontrar.geleiras vão derreter.estrelas vão se apagar.e eu pensando em ter você.pelo tempo que durar.coisas vão se transformar.para desaparecer.e eu pensando em ficar.a vida a te transcorrer.e eu pensando em passar.pela vida com você..."

(Marisa Monte.Pelo tempo que durar.):D

PS:Ilikeyou.
PS do PS:Imissyou.
PS do PS do PS:beijos e beijos,guri (; .

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Silêncio.




É tão vasto o silêncio da noite na montanha. É tão despovoado. Tenta-se em vão trabalhar para não ouvi-lo, pensar depressa para disfarçá-lo. Ou inventar um programa, frágil ponto que mal nos liga ao subitamente improvável dia de amanhã. Como ultrapassar essa paz que nos espreita. Silêncio tão grande que o desespero tem pudor. Montanhas tão altas que o desespero tem pudor. Os ouvidos se afiam, a cabeça se inclina, o corpo todo escuta: nenhum rumor. Nenhum galo. Como estar ao alcance dessa profunda meditação do silêncio. Desse silêncio sem lembranças de palavras. Se és morte, como te alcançar.É um silêncio que não dorme: é insone: imóvel mas insone; e sem fantasmas. É terrível - sem nenhum fantasma. Inútil querer povoá-lo com a possibilidade de uma porta que se abra rangendo, de uma cortina que se abra e diga alguma coisa. Ele é vazio e sem promessa. Se ao menos houvesse o vento. Vento é ira, ira é a vida. Ou neve. Que é muda mas deixa rastro - tudo embranquece, as crianças riem, os passos rangem e marcam. Há uma continuidade que é a vida. Mas este silêncio não deixa provas. Não se pode falar do silêncio como se fala da neve. Não se pode dizer a ninguém como se diria da neve: sentiu o silêncio desta noite? Quem ouviu não diz.A noite desce com suas pequenas alegrias de quem acende lâmpadas com o cansaço que tanto justifica o dia. As crianças de Berna adormecem, fecham-se as últimas portas. As ruas brilham nas pedras do chão e brilham já vazias. E afinal apagam-se as luzes as mais distantes.Mas este primeiro silêncio ainda não é o silêncio. Que se espere, pois as folhas das árvores ainda se ajeitarão melhor, algum passo tardio talvez se ouça com esperança pelas escadas.Mas há um momento em que do corpo descansado se ergue o espírito atento, e da terra a lua alta. Então ele, o silêncio, aparece.O coração bate ao reconhecê-lo.Pode-se depressa pensar no dia que passou. Ou nos amigos que passaram e para sempre se perderam. Mas é inútil esquivar-se: há o silêncio. Mesmo o sofrimento pior, o da amizade perdida, é apenas fuga. Pois se no começo o silêncio parece aguardar uma resposta - como ardemos por ser chamados a responder - cedo se descobre que de ti ele nada exige, talvez apenas o teu silêncio. Quantas horas se perdem na escuridão supondo que o silêncio te julga - como esperamos em vão por ser julgados pelo Deus. Surgem as justificações, trágicas justificações forjadas, humildes desculpas até a indignidade. Tão suave é para o ser humano enfim mostrar sua indignidade e ser perdoado com a justificativa de que se é um ser humano humilhado de nascença.Até que se descobre - nem a sua indignidade ele quer. Ele é o silêncio. Pode-se tentar enganá-lo também. Deixa-se como por acaso o livro de cabeceira cair no chão. Mas, horror - o livro cai dentro do silêncio e se perde na muda e parada voragem deste. E se um pássaro enlouquecido cantasse? Esperança inútil. O canto apenas atravessaria como uma leve flauta o silêncio. Então, se há coragem, não se luta mais. Entra-se nele, vai-se com ele, nós os únicos fantasmas de uma noite em Berna. Que se entre. Que não se espere o resto da escuridão diante dele, só ele próprio. Será como se estivéssemos num navio tão descomunalmente enorme que ignorássemos estar num navio. E este singrasse tão largamente que ignorássemos estar indo. Mais do que isso um homem não pode. Viver na orla da morte e das estrelas é vibração mais tensa do que as veias podem suportar. Não há sequer um filho de astro e de mulher como intermediário piedoso. O coração tem que se apresentar diante do nada sozinho e sozinho bater alto nas trevas. Só se sente nos ouvidos o próprio coração. Quando este se apresenta todo nu, nem é comunicação, é submissão. Pois nós não fomos feitos senão para o pequeno silêncio.  Se não há coragem, que não se entre. Que se espere o resto da escuridão diante do silêncio, só os pés molhados pela espuma de algo que se espraia de dentro de nós. Que se espere. Um insolúvel pelo outro. Um ao lado do outro, duas coisas que não se vêem na escuridão. Que se espere. Não o fim do silêncio mas o auxílio bendito de um terceiro elemento, a luz da aurora.Depois nunca mais se esquece. Inútil até fugir para outra cidade. Pois quando menos se espera pode-se reconhecê-lo - de repente. Ao atravessar a rua no meio das buzinas dos carros. Entre uma gargalhada fantasmagórica e outra. Depois de uma palavra dita. Às vezes no próprio coração da palavra. Os ouvidos se assombram, o olhar se esgazeia - ei-lo. E dessa vez ele é fantasma.

(Clarice Lispector.):D

"...eu tenho que dar um tempo.um pouco de tempo para pensar melhor nas coisas.é melhor eu ler nas entrelinhas.caso eu precise quando estiver mais velha.na minha vida houve mágoa e dor.não sei se consigo encarar isso de novo.não posso parar agora. já viajei até aqui.para mudar esta vida solitária.quero saber o que é o amor.quero que você me mostre.quero sentir o que é o amor.sei que você pode me mostrar.vou dar um tempo.um tempo para olhar a minha volta.não tenho mais onde me esconder.parece que o amor finalmente me encontrou.eu quero saber o que é o amor..."

(Mariah Carey.I wanna know what love is.):D

PS:vestiba's chegando..clima tenso.
PS do PS: ILU guri.beijos e beijos.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

As mil e uma faces da morte.




Não sei exatamente porque..mas hoje me deu vontade de falar da morte.Morte.Palavra que traz diversas sensações, reações e emoções diferentes para cada um de nós..é..afinal..cada caso é um caso.Tudo, não só a morte em si,depende de muita coisa..do momento que você está passando..das pessoas que estão no seu caminho..nas surpresas que a vida te dá..de como você tá passando por alguma coisa..e etc e tal.Morte.Parando pra pensar nela, as vezes,é que você percebe que ela pode ser muita coisa..para alguns a morte é algo que não deveria acontecer,simplesmente por ela ser sinônimo de ausência..perda..falta..simplesmente por arrancar muitas vezes de maneira prematura e do nada a vida de quem a gente ama..de quem a gente convive..de quem a gente quer ter por perto..pra essas pessoas a morte é vista como algo injusto..triste..imperdoável.Para outros,a morte não passa de fuga..de saída..de se correr do esconderijo..geralmente quem pensa sõa aquelas pessoas que passam por dificuldades sempre..depressivas..solitárias ou não..ricas ou não..mas que sofrem..se doem por dentro..são angustiadas..desacreditadas..um poço de sofrimento..então nada melhor do que a morte..sair de tudo isso..se livrar da dor ainda que seja uma dor maior..afinal..só irá durar até o ato ter sido consumado mesmo.e é dor física..bobagem se comparada com a dor da alma..é o que costumamos chamar de suicidas..para eles, a morte não passa de liberdade..vôo..remédio..saída.Para alguns a morte chega a ser até bonita..é quando sua alma depois de ter sido fortemente preparada ao longo do tempo..está pronta para ir para outra dimensão..para perto de um "Deus" seja ele qual for..lugar bonito ou não..para essas pessoas a morte significa paz..tranquilidade..conclusão..paraíso.Que a morte possui mil e uma faces é a mais pura verdade..depende de como você vê,enxerga,analisa,acredita.Para a maioria..a morte é simplesmente algo que acontece..mais cedo ou mais tarde..mas vem..algo ocmum em todas as pessoas do Universo..um dia ela vai chegar pra você, pra mim,pra fulano..só muda a data e o meio como chega..mas chega..fato.Já diz o ditado 'tem jeito para tudo menos para a morte'..mesmo..dela não tem como escapar..ela te encontra..e vai te levar um dia..quando quiser.Aí você deve estar se perguntando..e você..escrevendo sobre morte..visão das pessoas..mas..e você..o que acha dela?O qu epensa sobre ela?O que é a morte pra você?E sim, eu te respondo.A morte na minha opinião é algo misterioso.Assim como todo mundo sei que ela vai chegar..sei que quando ela aparece pra gente..levando alguém querido..ela é um pouco cruel..de inicío choramos..nos revoltamos..chingamos deus e o mundo..sentimos saudades..choramos mais..mais saudades..luto..mas depois de um jeito ou d eoutro a lembrança da morte vai passando..a saudade não..mas a lembrança dessa "carrasca" sim..não sei..isso é o normal que se acontece com a maioria das pessoas..encerramento..fim..ausência..mas como boa marciana,estranha,diferente,incomum que sou..não acho bem assim..penso diferente e sempre agi diferente quando tive passando por uma de suas faces.Pra começar não acho que a morte seja o fim de tudo..pelo contrário..acredito que ela seja um começo de tudo..o começo de outras vidas..outros momentos..outros lugares..outras liberdades..outros aprendizados.Acredito também que a morte não afasta e nos arranca as pessoas das nossas vidas..afinal o que ela leva?Um corpo físico..material..só de carne e osso..e daí?Claro sentimos falta do toque,do abraço,da voz..mas além disso sentimos.Sentimos a presença..sentimos os sentimentos que ficaram no peito da convivência com aquela pessoa..dos momentos..do afeto e do amor.Ma s é só como uma viagem..a pessoa viaja primeiro..mas mais pra frente você viaja também e poxa acaba até reencontrando todo mundo que embarcou antes de você.E vocês ficam juntos novamente..por tempo indeterminado..no lugar que quiserem.Não tenho muito medo da morte..já até tive perto dela....só peço pra ela que quando for a minha vez..seja um tanto simpática..menos carrasca..e quem sabe a gente até se dê bem.Morte..não é porque não tenho lá esses medos de ti..não é porque sei posso até te compreender..mas ó..me deixa viver mais um bocadinho tá bem?Não quero ir agora..não mesmo..espera tá?Um dia a gente também se encontra..mas espero que demore um pouco mais.Mas de uma coisa tenho certeza é melhor morrer tendo vivido..do que viver,morto.A e mais um detalhe,senhora morte,quando apareceres pra mim pode vir de preto mesmo..adoro preto..e pinta o céu de vermelho tá?Pra gerar um contraste bacana.Nos vemos daqui a alguns muitos anos.

(Thaís Tenório.Cat.):D

"...eu pedi para ela ficar. mas ela não me ouviu.ela foi embora antes que eu tivesse a chance de dizer.as palavras que consertariam as coisas que estavam quebradas.mas agora é tarde demais. ela foi embora.toda noite você chora até dormir.pensando "por que isso acontece comigo?.por que todo momento tem que ser tão difícil?".difícil acreditar nisso.não acabou esta noite.apenas me dê mais uma chance para me redimir.eu posso não sobreviver durante a noite.eu não irei para casa sem você.o gosto do hálito dela. eu nunca superarei.os barulhos que ela fazia me deixavam acordado.o peso das coisas que não foram ditas.aumentou tanto que nos esmagava todos os dias.
de todas as coisas que eu senti. mas nunca demonstrei.talvez a pior seja que eu te deixei partir.eu nunca deveria ter te deixado partir.e eu não irei para casa sem você..."

(Maroon 5.Won't go home without you.):D

PS:ILU.
PS do PS:beijos muitos muitos beijos.
PS do PS do PS:thanks for all..você já passou dos limites de ser incrível.
PS do PS do PS do PS:ILU.SLU.you're so fuck fuck special.really.