domingo, 3 de abril de 2011

Un beau rêve.


Era madrugada.Mas o Sol já começava a dar sinais de que apareceria logo mais.Ela vagava sozinha pela rua que levaria até sua casa.Tudo estava calmo.Ela já carregava o par de sapatos na mão por conta dos calos que a incomodava.Estava voltando de um encontro com os amigos,só os mais íntimos,é claro,aquela velha coisa de lugar agradável,boas companhias,boa música e uma mesa pra jogar conversa fora.Andar sozinha às vezes é bom..mas ela não apreciava muito a ideia de fazer isso no meio da madrugada numa rua esquisita e com um pouco de álcool no seu sangue.Mas não tinha outra saída.Ainda faltava alguma distância quando ela resolveu lavar as mãos e o rosto com a maquiagem borrada pelo calor.Largou os sapatos no chão e sentou.Ficou apenas parada..quieta.Não pensava em nada..só estava parada.Quieta.De repente ela escuta passos apressados.Um calafrio lhe toma a espinha.Queria olhar quem era o ser que se aproximava tão apressado,mas temia o que poderia enxergar.Antes que ela criasse coragem para virar-se,a pessoa toca o seu ombro e fala de supetão:
- Ufa! Que bom que ainda te alcancei..pensei que não conseguiria te acompanhar no restante do trajeto.
Ela ficou pasma.Não podia ser.Bem ali,parado ao seu lado,tocando o seu ombro,falando com ela e melhor ainda querendo acompanhá-la até em casa,só podia ser algum delírio ou algum efeito das algumas doses de tequila que havia tomado momentos antes.Era ele.A pessoa que andava consumindo os seus sonhos,desejos,pensamentos e seus ensaios de diálogos para um possivel encontro,ao menos que casual, com aquele seu sentimento platônico.Ela não sabia o que dizer.
- Que carinha é essa de boba?- Ele sorri.- Te vi saindo daquele pub sozinha..estava ali perto num restaurante e resolvi te acompanhar..só me atrasei um pouco..
- Sem problemas..e se não for te incomodar também né..
Seu coração parecia bater a 100 por hora.Ela estava até com medo de falar e ele saltar do seu peito e sair pela boca.Seria embaraçador.Levantou-se,tentou ajeitar a face borrada e suada e falou:
- Podemos ir agora..e não repare o meu estado,por favor..sabe como é fim de encontros né..
Os dois riram de maneira empolgante.Sim,eles sabiam como era.Mas antes que ela desse o primeiro passo em direção ao seu destino ele tomou sua mão.Olhou nos seus olhos,sentiu sua respiração ofegante,o tremor nos dedos que agora tocavam o seu rosto e aproximou-se.Ela corou e fechou os olhos.Ele colocou seus lábios junto aos dela.Aconteceu o que ela mais queria:um beijo.Sentiu sua alma sair da matéria do seu corpo,um calor forte a consumia,ela abriu os olhos.Estava na sua cama.Foi apenas um sonho.Ela se decepciona.Mas sorriu,ainda que amarelo,foi bom do mesmo jeito..e ela sabia que nunca duvidara dos seus sonhos.No final,se ela queria mesmo,ela dava um jeito de conseguir.Ela é assim.Foi maravilhoso e real,ainda que em sonhos.Ela estava feliz.Although it was a dream.

(Thaís Tenório.):D

"..a nossa vida em grande parte compõe-se de sonhospreciso ligá-los á ação.."

[Anais Nin.]:D

#Fato 1: quando estou com muito sono invento palavras e frases sem nexo lol.

PS: então pessoas,blog com uma nova 'roupagem' né? lol espero que tenham gostado tanto quanto eu (=
PS do PS: aproveitando a questão da tag do twitter #100factsaboutme,toda postagem agora,no final,terá um fato sobre a minha pessoa..quando penso que serão cem,me assusto lol será que conseguirei isso tudo?..bem,tentarei (=
PS do PS do PS: acho que por hoje é só..beijos e beijos,meus docinhos ;*

Um comentário:

  1. Sabia que te acho a menina mais linda do mundo?

    ResponderExcluir